Santa Cruz 1×1 Salgueiro

Santa Cruz não consegue passar pelo Salgueiro no Arruda

Autor: Davi Saboya

Foto: André Nery/JC Imagem

Depois de perder para o Náutico na estreia, o Santa Cruz empatou por 1×1 com o Salgueiro, nesta quinta-feira (4), no Arruda, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Pernambucano. Os gols da partida foram marcados por Cássio e Grafite. O Tricolor apresentou os mesmos erros do Clássico dos Emoções no início do jogo, mas no segundo tempo com as entradas de Wallyson e Dedé a equipe coral melhorou o rendimento. Só que não o suficiente para vencer o time sertanejo.

O JOGO

O Carcará começou a partida atacando o Santa Cruz. Logo aos dois minutos, o meia Cássio abriu o placar para o Salgueiro. Depois da cobrança do escanteio, a bola sobrou para o jogador mandar para o fundo das redes. O Tricolor respondeu com Danny Morais de cabeça, mas não teve sucesso. Animado, o time sertanejo foi para cima explorando o lado direito da equipe coral. Primeiro, Berguer entrou livre na grande área e perdeu a oportunidade. Em seguida, pelo mesmo setor, foi a vez do atacante Piauí desperdiçar a oportunidade na cara do goleiro Tiago Cardoso.

O confronto iniciou agitado, mas depois da metade da etapa inicial esfriou. O Santa Cruz não conseguia partir para o ataque trabalhando a bola e explorava os lançamentos e as jogadas aéreas. Enquanto o Salgueiro aproveitava que a defesa coral estava avançada e contra-atacava em velocidade pelas laterais. Ficou nítida a dificuldade do meio-campo coral criar as jogadas, já que a equipe rodava a bola pelos lados e terminava cruzando na grande área para o atacante Grafite disputar o lance entre dois zagueiros. Em duas jogadas individuais, com Vitor e Grafite, os donos da casa assustaram os visitantes no final do primeiro tempo.

Mal a bola rolou para a segunda parte do duelo e o Santa Cruz perdeu uma chance incrível de empatar a partida. Raniel arrancou pela direita e cruzou para Wallyson, embaixo da barra, sem goleiro, não aproveitar o lance. O time coral fez uma blitz nos primeiros minutos, mas não manteve o ritmo. O Tricolor tinha o domínio da partida, mas não assustava o Salgueiro, que montou um verdadeiro ‘ferrolho’ na etapa final.

Só que aos 26, o Santa Cruz conseguiu trabalhar a bola no meio-campo e furar a barreira. Wallyson deu um toque preciso e deixou Grafite livre na cara do goleiro Mondragon. O centroavante tirou do goleiro e empatou o confronto. As substituições do técnico Marcelo Martelotte fizeram com que o time coral tivesse uma maior posse de bola e conseguisse pressionar o Carcará em busca da virada. No entanto, os jogadores corais não conseguiram vencer novamente a retranca sertaneja e virar o placar.

FICHA TÉCNICA

Santa Cruz – Tiago Cardoso; Vitor, Alemão, Danny Morais, Alan Vieira; Wellington Cézar, João Paulo, Daniel Costa (Dedé); Lelê (Wallyson), Raniel (Arthur), Grafite. Técnico: Marcelo Martelotte

Salgueiro – Mondragon; Marcos Tamandaré, Maurício (Luiz Eduardo), Rogério Paraíba, Daniel Rodrigues; Rodolfo Potiguar (Nilson), Moreilândia, Jaíldo (Anderson Lessa), Cássio Ortega, Jefferson Berger, Piauí.

Local: Arruda. Horário: 20h30. Árbitro: Luís Cláudio Sobral. Assistentes: Marcelino Castro de Nazaré e Marlon Rafael Gomes. Gols: Cássio Ortega aos 2′ do 1ºT (Salgueiro). Grafite aos 23′ do 2ºT. Cartões Amarelos: Lelê (Santa cruz). Maurício e Nilson (Salgueiro). Público: 6. 909