Santa Cruz 2×1 Mogi Mirim

Grafite e Aquino marcam e Santa Cruz vence o Mogi Mirim

Autor: Matheus Albino

Grafite (e) e Aquino (c) fizeram os gols da vitória. Foto: Fernando da Hora/JC Imagem.

O Santa Cruz cumpriu mais uma de suas missões para chegar no G-4 da Série B. Nesta terça-feira o Tricolor venceu o vice-lanterna Mogi Mirim, no Arruda, por 2×1, e pode terminar a rodada com apenas dois pontos de desvantagem para o grupo dos mais bem classificados. Mais uma vez Grafite balançou as redes adversárias e teve papel importante na vitória válida pela 18° rodada.

» Veja a galeria de imagens

O outro gol foi marcado pelo artilheiro Anderson Aquino, que fez o seu décimo na Segundona. O Santa, agora sétimo colocado, enfrenta o Vitória, em Salvador, na próxima rodada, fechando o primeiro turno. Já o Mogi continua na penúltima posição com 15 pontos e vai encerrar a primeira parte da competição contra o Luverdense em Mogi.

O primeiro tempo foi movimentado e a rede balançou três vezes. Apesar de começar tomando as rédeas da partida o Santa foi surpreendido pelo Sapo. Aos seis minutos Edson Ratinho cruzou na cabeça de Serginho, Cardoso fez milagre mas a bola sobrou para Geovane abrir o placar.

O Tricolor continuou em cima e aos 9 minutos empatou com astro Grafite. Após cruzamento de Vítor João Paulo desviou de cabeça e o camisa 23 empurrou para as redes. O Mogi, antes empolgado por ter aberto o placar, sentiu o baque e não conseguiu com a mesma eficiência ao ataque.

O gol da virada coral chegou a partir dos 28 minutos, quando Lelê fez grande jogada e foi derrubado na área. O árbtiro marcou pênalti, Aquino foi para a cobrança e virou o placar. Aos 34 Lelê deu belo passe para Grafite, que entrou na área mas perdeu a passada e foi bloqueado pela zaga.

No segundo tempo o futebol do Santa caiu de produção e o time errou vários passes. Nos primeiros minutos o Mogi teve três boas chances de empatar o jogo. Em uma delas Luan entrou na área e chutou cruzado, a bola passou por todo mundo. O técnico Marcelo Martelotte tirou Aquino para a entrada de Luisinho.

O Santa ganhou em velocidade, mas em apenas isso. A chuva deixou o campo pesado e os times diminuíram o ritmo da partida. As chances foram isoladas. Aos 39 o Tricolor teve nos pés de Luisinho a oportunidade de matar o jogo. Ele recebeu passe açucarado de Grafite mas isolou a bola.

Ficha de jogo

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Vítor (Moradei); Danny Morais, Néris e Lúcio (Marlon); Bileu, Wellington Cézar, João Paulo e Lelê; Anderson Aquino (Luisinho) e Grafite. Técnico: Marcelo Martelotte.

Mogi Mirim-SP: Mauro; Edson Ratinho, Fábio Sanches, Paulão e Luan (Michel); Magal, Franco e Leo Bartholo (Gustavo) e Geovane (Junior Juazeiro); Serginho e Rivaldinho. Técnico Sérgio Guedes

Série B (18°rodada). Local: Arruda. Áribitro: Andrey da Silva E Silva – PA. Assistentes: Heronildo Freitas da Silva e Helcio Araujo Neves (ambos do PA). Gols: (S) Grafite (aos 19 do 1°t) Anderson Aquino (aos 29 do 1°t). (M) Geovane (aos 9 do 1°t) Cartões amarelos: (M) Mauro, Leo Bartholo, Geovane e Paulão. (S) Grafite.