Santa Cruz-PE 3×0 Guarany-CE

Santa Cruz vence Guarany/CE por 3 a 0 e encaminha classificação para a semifinal

Rafael Brasileiro – Diario de Pernambuco

O histórico do Santa Cruz contra o Guarany-CE era motivo de desconfiança da parte da torcida coral, que somado a ausência dos ingressos do Todos com a Nota fez com que as arquibancadas do Arruda não tivessem a costumeira presença da massa coral. Quem não compareceu ao estádio deve ter se arrependido, já que o Tricolor teve a sua melhor apresentação do ano após nove jogos na temporada. O resultado de 3 a 0 foi a tradução perfeita da junção da boa marcação e o retorno à formação 4-5-1, duas armas que foram marcantes nas vitórias corais em 2013.A ausência de uma reação à altura da equipe de Sobral também foi determinante para o atropelamento feito pela equipe da casa, mas o que mais impressionou foram as boas apresentações de Jefferson Maranhão e Cassiano. A vitória não detemrinou a classificação do Santa Cruz, mas com certeza dará tranquilidade a Vica para pensar um pouco no Campeonato Pernambucano até a próxima quarta-feira, quando enfrenta o Náutico.

O jogo Se até os cinco minutos de partida as equipes apenas se estudavam, bastou os meias corais começarem a procurar o atacante Cassiano para o jogo mudar de rumo. Após lançamento pelo lado direito, que tinha o camisa nove como alvo, uma falta, que por centímetros não foi pênalti, deu início a vitória coral. Após a cobrança de Luciano Sorriso ser desviada pela barreira, o volante teve mais uma oportunidade de abrir o placar no Arruda, mas desta vez através de uma assistência. Com perfeição, o volante coral colocou a bola na cabeça do zagueiro Renan Fonseca para abrir o placar.
Santa Cruz 3x0 Guarany de Sobral-CE
A vantagem deu mais tranquilidade ao time do técnico Vica, mas poderia ter sido ampliada através do atacante Cassiano. Antes da conclusão do atacante, Raul apareceu no caminho da bola e perdeu um gol que nenhum presente no Arruda acreditou. Em contraponto ao time coral, a equipe do Guarany-CE não chegou perto do time que complicou a vida de Náutico e Sport na primeira fase da Copa do Nordeste. O nervosismo, principalmente na figura do técnico Vladimir de Jesus, transformou-se no domínio tricolor. Com maior posse de bola, o Santa Cruz tratou de ditar o ritmo de jogo e aproveitou o buraco que existia no meio de campo dos cearenses. Com os meias e atacantes da equipe de Sobral marcando a saída de bola somado ao recuo exagerado dos defensores e volantes, Jefferson Maranhão, Raul e Carlos Alberto puderam criar boas chances que não foram transformadas em gols.

Segundo tempo
Segunda etapa melhor que a primeira Após sair para o intervalo no lucro, já que o Santa Cruz desperdiçou várias chances na primeira etapa, o Guarany-Ce voltou diferente para o complemento da partida. Com Márcio Tarrafas e Gugu, que eram titulares, no lugar de Santos e Diego, a equipe tentou reagir ao domínio tricolor. A ilusão de conseguir uma resposta à imposição coral ficou apenas no papel e na entrada de Natan no lugar de Raul, também no intervalo. Após ficar fora de ação por três partidas, o prata da casa coral entrou no jogo e assumiu a responsabilidade pela armação das principais jogadas. Tanta aplicação resultou em uma falta sofrida por Natan e mais uma vez através da bola parada o Tricolor ampliou a vantagem coral.

Antes mesmo da torcida presente ao Arruda terminar de comemorar o gol de Panda, Carlos Alberto aumentou a euforia nas arquibancadas ao encontrar Cassiano na entrada da área. O atacante finalizou com perfeição e fez o terceiro gol coral. Os 25 minutos restantes foram resumidos a pressão do Guarany-CE em busca de um gol que ajudasse a equipe na partida da volta, mas a bem postada defesa coral não deu chances ao azar e saiu sem tomar gols na temporada pela segunda vez.

Leandro Souza & Renan FonsecaSanta Cruz
Tiago Cardoso; Oziel, Leandro Souza, Renan Fonseca e Tiago Costa (Panda / 16’ 1º T); Luciano Sorriso, Sandro Manoel, Raul (Natan / Intervalo), Carlos Alberto(Flávio Caça-Rato / 26’ 2º T) e Jefferson Maranhão; Cassiano. Técnico: VicaGuarany-CE
André Zuba; Ivonaldo, Joécio, Juliano, Zeca; Santos (Tarrafas / Intervalo), Zé Augusto, Rodrigo Vitor, Júnior Cearense (Zé Williams/ 16’ 2º T); Diego(Gugu / Intervalo) e Adriano. Técnico: Vladimir de Jesus

Local: Estádio do Arruda Arbitragem: Suelson Diorgenes de França Medeiros – RN. Auxiliares: Luiz Carlos Silva Teixeira – BA e Adson Márcio Lopes Leal – BA Gols: Renan Fonseca (8’ 1º T), Panda (21’ 2º T), Cassiano (23’ 2º T) Cartões amarelos: Zé Augusto, André Zuba e Junior Cearense (Guarany-CE)