Santa Cruz-PE 3×2 Vitória da Conquista-BA

Santa Cruz faz uso do entrosamento e bate o Vitória da Conquista por 3×2

Renan Fonseca (com braços levantados) marcou na partida. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

POSTADO POR THIAGO WAGNER DA SILVA

Nem parecia estreia para uma temporada. Na verdade, a impressão que se tinha era que o Santa Cruz de 2014 era o do fim de 2013. Não só pelos jogadores em campo, praticamente todos do ano passado, mas pelo futebol apresentado. Os corais demonstraram um forte entrosamento e boa movimentação ofensiva para sair com a vitória de 3×2 sobre o Vitória da Conquista-BA, na tarde deste sábado, no estádio Luiz Lacerda, em Caruaru, pela Copa do Nordeste. Natan, Raul e Renan Fonseca anotaram para os tricolores, enquanto Tatu e Catte marcaram para os baianos depois de falhas defensivas da Cobra Coral. Se não fossem esses erros na defesa, a vitória dos donos da casa poderia até ter sido mais tranquila devido ao volume de jogo apresentado.

Com os três pontos, o Tricolor sai na frente no Grupo B da competição, que ainda tem Bahia e CSA. Na próxima rodada, a Cobra Coral encara o Bahia, na Fonte Nova. O Vitória da Conquista duela com os alagoanos. Os dois jogos ocorrem na próxima quarta-feira.

O JOGO – Com o time titular formado completamente por jogadores do ano passado, o Santa Cruz não teve problemas para articular suas jogadas. O entrosamento foi a principal arma coral para chegar aos gols. O primeiro nem demorou tanto a surgir. Em jogada rápida aos dois minutos de jogo, Caça-Rato deu belo passe para Natan ficar livre e mandar para o fundo das redes. Um gol que certamente deu muita tranquilidade para os donos da casa.

Natan, Raul e Caça-Rato foram as principais peças da partida. O trio movimentou-se bastante no gramado e deu trabalho para a marcação adversária, principalmente nas laterais do campo. Destaque para Caça-Rato, que soube prender bem a bola em certos momentos. O CR7, contudo, sentiu contusão no tornozelo e saiu do jogo ainda no intervalo. Pingo entrou em seu lugar e sentiu um pouco o ritmo.


Primeiro gol coral saiu logo aos dois minutos de jogo

O domínio coral ficou mais justo com o segundo gol, anotado por Raul após falha na saída de gol de Alex, aos 24 minutos do primeiro tempo. O terceiro, e até mesmo um quarto gol tricolor, poderiam ter saído ainda na etapa incial, contudo, os atacantes tricolores desperdiçaram as chances.

O ataque, porém, não foi o único fator positivo do time do técnico Vica. A defesa também esteve em um dia regular. Em muitos momentos, o Vitória da Conquista detinha a posse de bola, mas não conseguia penetrar na defesa tricolor. Tiago Cardoso fez poucas defesas, principalmente no segundo tempo.

A solidez defensiva, todavia, não foi 100%. Dois erros provocaram os gols do Vitória da Conquista – um em cada tempo. No primeiro, um pênalti infantil cometido por Sandro Manoel. Tuta cobrou e mandou para as redes aos 34 da etapa inicial. Na segunda falha, Catte aproveitou a sobra na pequena área e apenas encostou para o fundo da meta de Tiago Cardoso. O lado bom é que quando o segundo gol dos visitantes saiu, o Santa Cruz já tinha o três no placar, fruto do gol de Renan Fonseca aos 25 minutos do segundo tempo.


Torcida tricolor compareceu em peso ao estádio Luiz Lacerda, em Caruaru

No final do confronto, ainda houve tempo para alguns sustos para o Santa Cruz. O torcedor pode até ter chegado a duvidar da vitória. No entanto, o Tricolor se segurou e garantiu os três pontos logo na estreia.

FICHA DA PARTIDA – SANTA CRUZ 3X2 VITÓRIA DA CONQUISTA

Santa Cruz: Tiago Cardoso, Oziel, Renan Fonseca, Éverton Sena e Tiago Costa, Sandro Manoel, Luciano Sorriso, Raul (Jefferson Maranhão), Natan e Renatinho (Memo); Caça-Rato (Pingo). Técnico: Vica.

Vitória da Conquista: Alex; Júnior Gaúcho, Éverton, Silvio e Thiaguinho (Paulo Vitor); Edmar (Catte), Ramires, Carlinhos e Rafael Granja; Tatu e Candinho (Moisés). Técnico: Evandro Guimarães.

Copa do Nordeste. Local: Luiz Lacerda, em Caruaru (PE). Árbitro: Leandro Oliveira (RN). Assistentes: Vinícius Lima e Alex da Silva (RN). Gols: Natan (SC) aos 2, Raul (SC) aos 24 e Tatu (VC) aos 35 minutos do primeiro tempo; Renan (SC) aos 25 e Catte (VC) aos 42 do segundo. Amarelos: Candinho (VC), Edmar (VC), Sílvio (VC) e Tiago Cardoso (SC).