Santa Cruz x Botafogo-RJ

Santa enfrenta Botafogo com Grafite e Arruda lotado

Foto: Diego Nigro/JC Imagem – Autor: Matheus Albino

A festa para a reestreia de Grafite está pronta. Será neste sábado, às 16h30, no Arruda, com direito a shows e várias atrações. Expectativa de mais de 40 mil torcedores. Mas, haverá jogo, e decisivo para o Tricolor. O adversário é nada mais nada menos que o grande favorito ao título da competição, o Botafogo de Futebol e Regatas, que vem ao Recife para garantir uma vitória e a retomada da liderança.

Por isso o time precisa conter a euforia da torcida e entrar concentrado para conquistar os três pontos, subir na tabela (atualmente é o 11° com 22 pts), e seguir sonhando com o G-4. O reforço de Grafite no ataque será fundamental, tanto que os botafoguenses estão preocupados com a sua presença no ataque.

O camisa 23 está pronto para entrar em campo, mas não sabe quanto tempo poderá aguentar. “Isso vai depender do ritmo do jogo. O esforço da partida e a intensidade vão determinar quantos minutos ele vai aguentar”, disse o técnico Marcelo Martelotte.

Tabu

O Tricolor do Arruda não vence o Glorioso em seus domínios há 28 anos. A última vez que isso aconteceu foi no Módulo Verde do polêmico Brasileirão de 87. O Tricolor comandado por Abel Braga venceu o Alvinegro por 1×0, gol do atacante Dadinho. De lá pra cá foram quatro jogos, sendo dois pela Série A e dois pela Copa do Brasil, com dois empates e duas derrotas.

O time

Como de costume, Martelotte não escondeu o time inicial e desde a última terça-feira definiu que Luisinho sairia para a entrada de Grafite. Assim o setor ofensivo terá Lelê, João Paulo, Anderson Aquino e o experiente atacante de 36 anos. Aquino, artilheiro na Segundona com 9 gols foi deslocado para o lado, saindo da função de centroavante. As outras novidades foram Vítor, estreando na lateral direita, e Bileu, voltando ao meio de campo no lugar de Moradei.

O personagem

É festa por Grafite, mas foco do Santa Cruz é o Botafogo

É festa por Grafite, mas foco do Santa Cruz é o Botafogo

Após 13 anos Grafite vestirá outra vez a camisa vermelha, preta e branca do Santa Cruz Futebol Clube. Se na primeira passagem ele precisou vencer a desconfiança da torcida, agora vive outro momento, a de um jogador de carreira vencedora. Em 2009 foi campeão alemão pelo Wolfsburg terminando ainda na artilharia da competição com 28 gols.

Pelo São Paulo conquistou a Libertadores de 2005 e o Mundial de Clubes no mesmo ano. Em 2010 disputou a Copa do Mundo na África do Sul, sua maior competição na carreira. Agora ele pretende usar a sua experiência para levar o Santa de volta à elite do futebol brasileiro.

Lembranças…

Mais acima falamos do tabu de quase 30 anos sem vencer o Bota no Arruda. Agora é hora de lembrar de alguém que já se deu bem contra o Botafogo do goleiro Jefferson. Em 2004 pelo São Paulo o atacante marcou duas vezes e deu uma assistência na goleada por 5×2 sobre o time carioca pela Série A.
O adversário

Foto: site oficial do Botafogo

Foto: site oficial do Botafogo

O Botafogo não vence na Série B há três jogos. O jejum fez o time perder a liderança, algo que pode reconquistar caso vença o Santa no Arruda. Mas a missão não será fácil e o técnico Ricardo Gomes sabe bem.

Em relação ao time ele fez mistério e só deve informar a escalação minutos antes do jogo. Duas mudanças são esperadas – Ricardo Luis no lugar de Diego, na lateral direita; Neilton no ataque substituindo Sassá.

Ficha de jogo

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Vítor, Danny Morais, Néris e Marlon; Bileu, Wellington Cézar e João Paulo; Lelê, Anderson Aquino e Grafite. Técnico: Marcelo Martelotte

Botafogo: Jefferson Luis Ricardo, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Dierson (Serginho), Willian Arão, Diego Jardel e Octavio; Neilton e Luis Henrique. Técnico: Ricardo Gomes

Campeonato Brasileiro Série B (17° rodada). Local: Arruda. Horário: 16h30. Árbitro: Flavio Rodrigues Guerra (SP).Assistentes: Vicente Romano Neto e Carlos Augusto Nogueira (ambos de SP)

Em clima descontraído, Santa faz último treino antes de pegar o Botafogo

Foto: Guga Matos / JC Imagem  Autor: Matheus Albino

O clima não poderia ser melhor entre os jogadores do Santa Cruz no último treino antes do confronto deste sábado contra o Botafogo, no Arruda, pela Série B. Com o time definido, o técnico Marcelo Martelotte e alguns membros da comissão técnica participaram do famoso (e perigoso) rachão com os demais atletas do elenco.

Um amontoado de jogadores em apenas uma metade do campo divididos em duas equipes. Em seguida a coisa ficou mais séria porque Martelotte treinou jogadas de bola parada, solicitou que as câmeras dos repórteres fossem desligadas, e exigiu bom aproveitamento de quem estava na área para concluir as jogadas.

O atacante Grafite, estreante e personagem principal do jogo contra o Glorioso, participou normalmente e até balançou as redes algumas vezes no treino de cobranças de escanteio.  Quem também vai ganhar a primeira oportunidade é o lateral-direito Vítor. Com isso Bileu foi deslocado para o meio e Moradei perdeu a condição de titular.

forma santa

O Santa está definido e vai com a seguinte formação: Tiago Cardoso; Vítor, Danny Morais, Néris e Marlon; Bileu, Wellington Cézar e João Paulo; Lelê, Anderson Aquino e Grafite.  O Tricolor é o 11° com 22 pontos enquanto o Bota ocupa a vice-liderança com 30.