Santa Cruz x Serra Talhada

Podendo garantir classificação matemática no PE2015, Santa Cruz recebe o Serra Talhada

 Yuri de Lira /Diario de Pernambuco

Treino secreto. Apoio massivo da torcida nas atividades de ontem. Ingressos a preços promocionais. Acusações entre dirigentes. O clima da semana antes de Santa Cruz x Serra Talhada, às 19h30 de hoje, foi como o de um clássico. O jogo está longe disso, óbvio. Mas, faltando duas partidas do fim do hexagonal do título, o confronto ganhou contornos decisivos para os dois times. Principalmente para o Tricolor – que, após se arrastar nos oito confrontos até aqui do estadual, poderá, enfim, garantir a sua classificação às semifinais do campeonato.

O técnico Ricardinho reconhece a importância de uma vitória sobre o Serra. Não quer minar o esforço feito para devolver o time ao grupo dos quatro melhores depois da vitória por 1 a 0 sobre o Central, na rodada passada. Para também não ter a amarga obrigação de decidir a vaga para a fase seguinte (e a esperança de voltar a Copa do Nordeste) no próximo jogo, diante do rival Sport, na Ilha do Retiro.

A equipe coral pode se garantir nas semis já nesta rodada. Para tanto, precisa vencer o Serra e torcer contra o Salgueiro – que encara o Central, amanhã, em Caruaru. Um tropeço do Náutico no Clássico dos Clássicos também não é de ser jogar fora. Pensando apenas em cumprir seu dever, Ricardinho fez um treino secreto na última quinta. Ontem, aos olhos de (muitos) torcedores e da imprensa, preferiu não montar time. Mas deixou o mistério de lado e confirmou a escalação em entrevista, com as voltas dos suspensos Alemão e Edson Sitta e uma nova chance a Betinho, no ataque.

Encontro com futuro clube
Enquanto as duas equipes se preparavam para o jogo durante a semana, a direção tricolor envolveu-se numa polêmica com o presidente do Serra Talhada, José Raimundo, que criticou a atitude dos corais de terem “assediado” dois dos seus jogadores – o lateral direito João Carlos e o atacante Júnior Juazeiro. Farpas foram trocadas. A dupla, no entanto, foi relacionada para a partira. O primeiro, com pré-contrato pelo Santa, fica no banco de reserva. O clube sertanejo garante que por mera questão clínica, já que ele vem de uma lesão na coxa direita que o deixou inativo por duas rodadas.

Serra Talhada
De volta depois de ter cumprido suspensão no jogo passado, contra o Náutico, o técnico Cícero Monteiro retoma o lugar do interino Alexandre Lima à beira do gramado. Sem desfalques, vai repetir o mesmo time que perdeu por 2 a 0 para o Timbu, no Sertão. “Tivemos uma semana boa de trabalho, bastante proveitosa. Esperamos arrancar um bom resultado no Arruda”, avisou o treinador do Cangaceiro.

Santa Cruz
Fred; Nininho, Alemão, Danny Morais e Tiago Costa; Edson Sitta, Bruninho, João Paulo e Thiaguinho; Anderson Aquino e Betinho. Técnico: Ricardinho.

Serra Talhada
Gleibson; Marcos Vinícius, Alisson, Anderson e Rafinha; Ramón, Luciano Totó, Diogo e Paulinho Mossoró; Bebeto e Júnior Juazeiro. Técnico: Cícero Monteiro.

Local: Arruda (Recife-PE)
Horário: 19h30
Árbitro: Luiz Cláudio Sobral-PE
Assistentes: Fernanda Colombo-PE e Karla Renata de Santana-PE
Ingressos: R$ 10 (sócio, estudante, arquibancada superior, sócio-proprietário de cadeira e sócio-proprietário de camarote), R$ 20 (arquibancada inferior, proprietário de cadeira e proprietário de camarote), R$ 30 (cadeira para sócio) e R$ 40 (cadeira de aluguel).