São Paulo 2×0 Sport

Qualidade decide e Sport perde para o São Paulo

Alexandre Pato (de frente) marcou um dos gols da partida. Foto: São Paulo Futebol Clube – Autor: Thiago Wagner

Por mais que o futebol permita que outros fatores, como a aplicação tática ou até mesmo sorte, ditem o resultado do jogo, chega uma hora que não tem jeito: a qualidade é quem decide. O Sport provou dessa máxima na tarde deste domingo, no Morumbi, pela Série A. Contra o São Paulo, o Leão viu o quanto está atrás do adversário no que diz respeito à qualidade técnica. O resultado de 2×0, que até poderia ser maior, foi reflexo puro disso. Rithely, contra, aos 7 minutos, e Alexandre Pato, aos 25, marcaram para os donos da casa. Os dois gols foram no primeiro tempo.

Esperada ou não, a derrota faz os rubro-negros caírem para a oitava posição com 28 pontos, a cinco do G4. Já o São Paulo vai para a vice-liderança com 36. Na próxima rodada, o Leão encara o Santos, na Arena Pernambuco, enquanto os tricolores enfrenta o Botafogo, fora de casa.

O JOGO – Só que a qualidade superior do São Paulo não foi o único motivo para a derrota do Sport. Os leoninos deixaram muitos espaços no gramado e marcaram muito atrás, sem agredir o adversário. O filme foi o mesmo de alguns jogos recentes dos rubro-negros. A diferença é que do outro lado havia uma uma equipe de qualidade muito acima. Assim, não foi surpresa ver os tricolores abrirem o placar ainda com 7 minutos. Ganso e Kardec tabelaram, envolveram a defesa pernambucana e chegaram às redes. Rithely desviou contra o gol de Magrão depois de finalização de Kardec.

O gol não fez o Sport acorda no jogo. A passividade da marcação continuou no lado dos visitantes. Além disso, o ataque rubro-negro foi confuso, com muitos chutões e pouca precisão, Neto Baiano que o diga. O atacante leonino não se escondeu do jogo, é verdade, mas abusou das finalizações erradas. Do outro lado, em um contraste forte, o São Paulo mantinha a bola no chão e marcava no campo de ataque. Eram duas equipes atuando de maneiras completamente opostas.

Dentro desse cenário, era óbvio que o segundo gol são-paulino iria surgir em algum momento. Aos 25 minutos, Pato aproveitou bom passe na grande área e fuzilou o gol de Magrão, que não conseguiu fazer para impedir o pior. O mesmo Pato ainda poderia ter feito mais um ou dois, mas errou na hora de chutar. Chegou a perder um gol sem goleiro.

Dentro das próprias limitações, a equipe de Eduardo Baptista tentou reagir. Até chegou ao gol de Rogério Ceni em alguns momentos, mas esbarrou nas próprias pernas, e nos erros. O São Paulo também teve chances de marcar, mas perdeu oportunidades com Kaká, Kardec, além do Pato. Como o Leão não trouxe grandes ameaças, restou aos tricolores administrarem a vantagem para sair com mais uma vitória.

FICHA DA PARTIDA – SÃO PAULO 2X0 SPORT

São Paulo: Rogério Ceni; Paulo Miranda (Auro), Rafael Tolói, Édson Silva e Reinaldo; Souza, Denílson; Ganso e Kaká (Boschilia); Alexandre Pato (Oswaldo) e Alan Kardec. Técnico: Muricy Ramalho.

Sport:  Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Ronaldo (Willian), Rithely e Ibson; Érico Júnior (Mike), Felipe Azevedo (Neto) e Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista.

Série A (19ª rodada). Local: Morumbi, São Paulo. Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC). Auxiliares: Nadine Schramm Camara Bastos (SC) e Angelo Rudimar Bechi (SC). Gols: Rithely (contra) aos 7 e Alexandre Pato (SP) aos 25 minutos do primeiro tempo; Amarelos: Ronaldo (S) e Rithely (S).  Público: 25.149. Renda: R$ 715.835