Seferovic

Mehmedi e Seferovic saem do banco e garantem vitória da Suíça

Admir Mehmedi comemora o gol de empate feito aos três do primeiro tempo | Crédito: Paul Hanna/Reuters

Foi na raça! Quando tudo dava a crer que Suíça e Equador empatariam na estreia desse Mundial 2014, um lance definiu tudo. O Equador teve a chance de ouro de vencer no fim, mas acabou castigado. Behrami roubou uma bola espetacular, armando contraataque para o gol de Seferovic, aos 48 minutos da segunda etapa, dando vitória ao time suíço.

Com um gramado perfeito no estádio Nacional Mané Garrincha, Equador e Suíça começaram o primeiro tempo com um jogo muito equilibrado. Aos 21 minutos, no entanto, com a Suíça pressionando, com chutes perigosos momentos antes, foi o Equador que surpreendeu. Em falta perfeitamente cobrada da esquerda, Walter Ayoví colocou a bola na cabeça de Enner Valencia, que sozinho, só teve o trabalho de cabecear, como manda o figurino, para o chão e no fundo da rede.

A Suíça ainda teve algumas chances de empatar o jogo na primeira etapa, mas a defesa equatoriana e o goleiro Domínguez evitaram.

No entanto, na segunda etapa, o troco suíço veio na mesma moeda. Em escanteio cobrado pro Rodríguez da direita, Mehmedi, que entrara no intervalo, subiu sozinho e marcou, de cabeça, o gol de empate.

O segundo tempo seguiu equilibrado, com boas chances para ambos os lados. No entanto, apenas aos 48 da segunda etapa é que a partida foi decidida. Os equatoriano tiveram chance aos 47, mas Behrami desarmou o jogador equatoriano, armando o contraataque para a Suíça. Após cruzamento da esquerda, Seferovic, que também havia entrado na segunda etapa, fez o gol da vitória dos europeus.

A Suíça, com a vitória, chega aos três pontos, deixando o Equador com zero. As equipes ainda aguardam o jogo entre França e Honduras para definirem suas colocações no grupo.

Na próxima rodada, a Suíça enfrenta a França na sexta (20), na Fonte Nova. No mesmo dia, o Equador enfrenta Honduras em Curitiba.

Fonte: PLACAR