Série B 2015

Após perder o ‘bicho’, João retorna e prevê dificuldades em Mogi

Autor: Matheus Albino

Gil Mineiro será titular contra o Mogi. Foto: Diego Nigro / JC Imagem

Nesta terça-feira (07), o Náutico entra em campo em mais uma rodada da Série B e outra chance de reassumir a liderança da competição (conseguiu apenas na terceira rodada). Para isso basta vencer o lanterna Mogi Mirim, às 19h30, no Romildão (em Mogi) e torcer por tropeços de Botafogo e Paysandu, que enfrentam Bahia e Ceará, respectivamente.

Apesar da missão parecer fácil, já que o time do pentacampeão Rivaldo ainda não venceu, os jogadores pregam respeito ao adversário e não acreditam em facilidade. O Timbu vem de vitória sobre o Oeste-SP na Arena PE, enquanto o Sapão perdeu para o América-MG em Minas.

O time

Sem tempo para treinar, já que jogou no último sábado e viajou nesta segunda-feira à tarde, o técnico Lisca vai manter o time que vem atuando. O desfalque fica por conta do volante Wiliam Magrão, suspenso pelo terceiro amarelo. A novidade será o volante João Ananias, que retorna após cumprir suspensão. Havia uma expectativa pela não utilização do zagueiro Fabiano Eller por conta do cansaço, mas ele foi confirmado na lista de relacionados.

Gols tomados

A defesa alvirrubra vem dando dor de cabeça ao técnico Lisca. O time sofreu gols nos últimos cinco jogos e parece ter perdido a força no setor mais experiente. O técnico reconheceu que o sistema vem falhando constantemente e vai corrigir os problemas para os próximos jogos.

LEIA MAIS:
> Lisca vem sendo importante no Náutico dentro e fora de campo

> Lisca só tem uma dúvida sobre a escalação do Náutico

> Contra o Mogi, Náutico tem que se impor pela classificação

> Com Fabiano Eller, Lisca relaciona 19 atletas para encarar o Mogi

Quem pode decidir?

Douglas é o artilheiro alvirrubro na Série B. Foto: Diego Nigro / JC Imagem

Douglas é o artilheiro alvirrubro na Série B. Foto: Diego Nigro / JC Imagem

Douglas marcou o primeiro gol na vitória sobre o Oeste-SP e segue em alta no time. Artilheiro na competição, com 4 gols, ele é mais uma vez a esperança para decidir uma partida na Série B. Se souber aproveitar a vulnerabilidade da defesa do Mogi, pode aumentar a conta e se aproximar de Robert do Vitória, artilheiro com 8 gols.

Fique de olho

Após marcar o segundo gol contra o Oeste, Gil Mineiro ganhou moral com Lisca e terá uma chance entre os titulares. Como sabe atuar em várias funções foi escalado no meio de campo para reforçar o lado direito de ataque com Guilherme.

O adversário

A situação do Mogi Mirim é muito delicada. Em dez jogos o time perdeu sete e empatou três e está na lanterna há sete pontos do primeiro fora da zona. O técnico Sérgio Guedes chegou para tentar resgatar o time na competição. A coisa está tão feia que o presidente do clube, o meia Rivaldo, anunciou que vai voltar aos gramados para tentar salvar o seu clube. O pentacampeão não entra em campo desde março de 2014 quando anunciou sua aposentadoria.

FICHA DA PARTIDA – MOGI MIRIM X NÁUTICO

Mogi Mirim: Daniel; Edson Ratinho, Alex Moraes (Paulão), Renato Camilo e Leonardo; Henrique Motta, Magal e Gustavo; Bruno Veiga, Geovane e Júnior Juazeiro. Técnico: Sérgio Guedes

Náutico: Julio Cesar; Guilherme, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gaston Filgueira; João Ananias, Marino, Gil Mineiro e Hiltinho; Patrick Viera (Renato) e Douglas. Técnico Lisca.

Série B (11° rodada). Local: Estádio Romildão. Horário: 19h30. Árbitro: Carlos Eduardo Vieira Areas (SC). Assistentes: Jose Roberto Larroyd e Eder Alexandre (ambos de SC).

Náutico vence o Criciúma e vira líder da Série B

Douglas abriu o placar na vitória por 2×0. Fotos: Guga Matos / JC Imagem – Autor: Matheus Albino

O Náutico continua invicto na Série B. E agora é líder também. Nesta terça-feira o Timbu venceu o Criciúma por 2×0 e assumiu o primeiro lugar com nove pontos. O time resolveu o jogo no primeiro tempo, quando marcou os gols com Douglas e Ronaldo Alves. O que fica de alerta é a recuada no segundo tempo, onde permitiram que o adversário esboçasse uma pequena reação e criasse algumas chances de diminuir o placar.

O lado bom é que o time mostrou mais uma vez está mais arrumado taticamente e com disposição em campo, diferente da era Moacir Júnior no início da temporada, que agora comanda o time catarinense. Os gols alvirrubros foram marcados por Douglas Ronaldo Alves. Agora o técnico Lisca terá dez dias para preparar o time contra o Sampaio Corrêa, adversário da quarta rodada. Antes, o Timbu terá o grande jogo do ano pela Copa do Brasil. Na próxima quarta-feira (27) enfrenta o Flamengo, às 22h, no Maracanã.

Teve dança

Quem disse que um jogo entre Lisca e Neto Baiano seria tranquilo se enganou. Os dois evitaram os microfones durante a semana. Mas, quem vencesse certamente iria provocar. Ao final do jogo o técnico alvirrubro foi para a torcida dançando o ‘frescando’ de Neto Baiano e levou a torcida ao delírio. Dançando e olhando para trás, temendo uma possível chegada do atacante, ele comemorou a vitória, a liderança e o troco no atacante ex-Sport.

O jogo

Se o jogo contra o Criciúma era previsto como um teste de fogo, pode esquecer. O adversário mostrou muita desorganização tática e não pode ser considerado, no momento, um candidato ao acesso. O Náutico se impôs em campo e não tomou conhecimento do adversário. Os primeiros minutos provaram isso.

William Magrão fez boa estreia. Foto: Guga Matos / JC Imagem

William Magrão fez boa estreia. Foto: Guga Matos / JC Imagem

Enquanto o Tigre catarinense entrou defensivo e aguardando o rival; Lisca colocou o time para o ataque e se deu bem. Aos 12 minutos Gastón Filguera foi à linha de fundo e cruzou, Marino tocou para trás e Douglas fuzilou as redes adversárias. O Timbu não se acomodou e continuou marcando no ataque.

Sete minutos depois o segundo gol saiu, e com a contribuição do zagueiro Adalberto. Mais uma vez Gastón cruzou, o zagueiro catarinense tirou mal e quando foi completar, terminou fazendo ainda mais besteira. Acertou Douglas e o árbitro marcou pênalti. O zagueiro Ronaldo Alves foi para a cobrança e bateu com muita categoria. Com  2×0 o time recuou e deixou Lisca insatisfeito. Mesmo assim o Criciúma não levou muito perigo.

A melhor chance foi com Bruno Lopes, aos 31 minutos, quando chutou bonito de fora da área e obrigou Júlio César a praticar uma bela defesa. Na segunda etapa Moacir Júnior trocou um volante por um meia (Rafael Pereira por Douglas Pereira). Aos 15 Adalberto cabeceou na trave, na sobra Neto Baiano obrigou Júlio César a fazer milagre.

O Náutico achou que o jogo estava resolvido e atacou pouco. Se preocupou mais em segurar o resultado e apostou nos contra-ataques. Do outro lado Moacir Júnior foi para o desespero e colocou Silvinho e Jefferson. Os dois até deram velocidade ao time, mas não foram eficientes no ataque. Lisca mexeu no time também, colocou Pedro Carmona para segurar a bola. Mas o que chamou a atenção foi quando ele começou a reger os cantos da torcida, dando uma de maestro.

Público foi de pouco mais de 5 mil torcedores. Foto: Guga Matos / Blog do Torcedor

Público foi de pouco mais de 5 mil torcedores. Foto: Guga Matos / Blog do Torcedor

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO X CRICIÚMA

Náutico: Júlio César; Guilherme, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gaston Filgueira; João Ananias, Marino, William Magrão (Bruno Alves) e Hiltinho; Rogerinho (Pedro Carmona) e Douglas (Renato). Técnico: Lisca.

Criciúma: Edson; Ezequiel, Adalberto, Fábio Ferreira e Adalberto; Rafael Pereira (Douglas Moreira), Rodrigo Andrade (Silvinho), Wellington e Cléber Santana; Neto Baiano e Bruno Lopes (Jefferson). Técnico: Moacir Júnior.

Série B (2ª rodada). Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE).  Árbitro: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro – RN. Auxiliares: Flavio Gomes Barroca – RN e Jean Marcio dos Santos – RN. Gols: Douglas e Ronaldo Alves (aos 12 min e aos 19 min do 1°tempo). Cartões amarelos: (N) Ronaldo Alves, Gastón Filguera e William Magrão; (C) Fábio Ferreira, Cléber Santana, Silvinho e Jefferson. Público: 5,292. Renda R$ 81.550

Náutico busca acumular gordura já no início da Série B

Timbu venceu dois primeiros jogos. Foto: Fernando da Hora/JC Imagem – Autor: Thiago Wagner

É manter o embalo para começar a abrir uma “gordurinha” já no início da Série B. Esse é o objetivo do Náutico para a partida contra o Criciúma, nessa terça-feira, às 21h50, pela terceira rodada da competição. Em terceiro lugar com seis pontos em dois jogos, o Timbu já pensa em abrir uma diferença para os adversários nesta primeira etapa da Segundona. Para isso vai ter que manter os 100% de aproveitamento e vencer o Tigre, que está em 12º com três.

Quem vai na meia?

O técnico Lisca não deve fazer grandes mudanças na equipe que venceu o Boa Esporte no último sábado. A grande dúvida é quem vai entrar no lugar de Patrick Vieira, suspenso pelo cartão vermelho. Renato, Pedro Carmona e Bruno Alves disputam a vaga com favoritismo para o último. Assim, o Náutico deve ir com o seguinte time: Júlio César; Guilherme, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gastón Filgueira; João Ananias, Marino, Bruno Alves e Hiltinho; Douglas e Rogerinho.

LEIA MAIS:

> Análise: ‘Sorte’ do Náutico é sinal de trabalho e bom clima

> Lisca quer presença do torcedor do Náutico na Arena

> Reencontros marcam duelo entre Náutico e Criciúma

> Crônica: Náutico venceu jogando mal. E tem que ser assim

> Náutico faz treino fechado para jogo contra o Criciúma nesta terça-feira na Arena

> Neto Baiano, agora no Criciúma, mata a saudade dos ex-companheiros de Sport

O cara – Lisca

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem

Apesar de ter vencido os dois primeiros jogos, o Timbu ainda é um time em formação. Por isso, o trabalho do técnico Lisca será fundamental mais uma vez para essa partida. A expectativa é de ao menos uma apresentação segura na defesa, mesmo que venha sem espetáculo. É isso que a Série B pede no momento.

Fique de olho – presença da torcida

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem

Com o bom início na Segundona, Lisca se sentiu no direito de convocar a torcida para o duelo contra os catarinenses. É óbvio que ele não espera um estádio lotado, mas quer ao menos um público maior do que os cinco mil na estreia contra a Luverdense. Resta saber como vai ser o comportamento do torcedor para uma partida às 21h50.

Neto Baiano vai frescar?

Foto: JC Imagem

Foto: JC Imagem

Outro personagem do jogo está do outro lado. Trata-se do atacante Neto Baiano, que jogou pelo Sport no ano passado e entrou em atrito com Lisca em várias oportunidades. Vale ficar de olho em como Neto vai se comportar caso faça um gol. Vai provocar ou vai apenas “frescar”.

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO X CRICIÚMA

Náutico: Júlio César; Guilherme, Ronaldo Alves, Fabiano Eller e Gaston Filgueira; João Ananias, Marino (William Magrão), Hiltinho e Patrick Vieira; Rogerinho e Douglas. Técnico: Lisca.

Criciúma: Edson; Arnaldo, Adalberto, Fábio Ferreira e Cristiano; Rafael Pereira, Barreto, Hegon e Rodrigo Andrade; Neto Baiano e Silvinho. Técnico: Moacir Júnior.

Série B (2ª rodada). Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE). Horário: terça-feira, às 21h50. Árbitro: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro – RN. Auxiliares: Flavio Gomes Barroca – RN e Jean Marcio dos Santos – RN.

Náutico quer manter embalo na Série B

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem – Autor: Thiago Wagner

Por mais que ainda seja começo de competição, vencer o Boa Esporte neste sábado, às 16h30, no estádio do Melão, em Varginha, é importante para o Náutico iniciar a Série B embalado. O Timbu venceu na estreia e busca a segunda vitória seguida na Segundona. Por outro lado, os mineiros procuram a recuperação depois da derrota por 1×0 para o Atlético-GO.

Mesmo time

O técnico Lisca não deve mexer no time que bateu o Luverdense na Arena Pernambuco. Por mais que nomes como Willian Magrão estejam à disposição, o comandante alvirrubro vai apostar na repetição da equipe. Sendo assim, o Timbu vai com a seguinte escalação: Júlio César; Guilherme, Fabiano Eller, Ronaldo Alves e Gastón; João Ananias, Marino, Patrick Vieira e Hiltinho; Rogerinho e Douglas.

O cara – Fabiano Eller

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Por mais que ele não seja responsável pelos gols do Náutico, o zagueiro pode ser decisivo para garantir ao menos o empate para o Náutico. Além disso, a experiência do defensor pode ser fundamental em horas de aperto.

Fique de olho – Hiltinho

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem

Autor do gol do Timbu na última rodada, o meia pode desequilibrar mais uma vez no ataque. A velocidade e a presença do jogador no campo ofensivo podem ser importantes na hora H para o time de Lisca.

Boa com problemas

O adversário do Náutico vem com dificuldades. O atacante Marcelo Sabino dará lugar a Wallyson Pikachu, enquanto que o lateral-direito Moacir está vetado pelo departamento médico. Na vaga dele entra Léo Baiano. A meta é se recuperar da derrota na estreia.

FICHA DA PARTIDA – BOA ESPORTE X NÁUTICO

Boa Esporte: Andrey; Léo Baiano, Raphael Silva, Wallace e Pirão; Mardley, Everton Sena, Bruninho e Leonardo; Wallyson Pikachu e Ramon (Rodrigão). Técnico: Ney da Matta

Náutico: Júlio César; Guilherme, Fabiano Eller, Ronaldo Alves e Gastón; João Ananias, Marino, Patrick Vieira e Hiltinho; Rogerinho e Douglas. Técnico: Lisca.

Série B (2ª rodada). Local: Estádio do Melão, Varginha (MG). Horário: Sábado, às 16h30. Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus – RJ. Auxiliares: Luiz Claudio Regazone – RJ e Eduardo de Souza Couto – RJ.