Sport 0x0 Central

Sport e Central ficam no 0x0 em jogo com ritmo de treino

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem – Autor: Alvaro Filho

Sport e Central ficaram no 0x0, numa partida sonolenta, disputada em ritmo de treino neste sábado (2), na Ilha do Retiro.

Como havia vencido a primeira partida, em Caruaru, por 5×0, o Sport ficou com o terceiro lugar do Campeonato Pernambucano e, o que interessa mesmo, a vaga na Copa do Nordeste de 2015.

A Ilha do Retiro teve um público pequeno, pouco mais de 3.4 mil torcedores, que aproveitaram para protestar nas arquibancadas contra o desempenho do time no Campeonato Pernambucano e na Copa do Nordeste

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem

O JOGO

O primeiro tempo do jogo foi de dar sono, com poucas chances de gols. O Sport tentou um pouco mais que o Central, mas esbarrou na falta de qualidade das finalizações. Joélinton tentou duas vezes, na primeira delas, girou dentro da área e chutou tão torto que a bola saiu pela lateral. Na segunda, passou pelo marcador e bateu firme. Beto espalmou.

O Central só jogou uma única vez, com uma jogada pela lateral que o meia Luís Fernando cabeceou rente à trave. Magrão só olhou. O último lance perigoso do primeiro tempo foi rubro-negro, com Régis fazendo uma fila na entrada da área e chutando rasteiro. Beto tirou com o pé.

O segundo tempo manteve o limão de treino na Ilha do Retiro, com chances para se contar nos dedos de uma mão. O técnico Eduardo Baptista mudou na equipe, tirando Régis, Rithely e Mike, colocando Élber, Wendel e Samuel, o que até deu uma animada no time, mas nada substancial.

O Central continuou só tocando a bola e rezando para o jogo acabar. Chegou duas vezes timidamente na frente, com Régis cabeceando fraco, e Candinho, em cobrança de falta com a bola passando perto.

Assim como aconteceu no primeiro tempo, Joélinton teve duas oportunidades, Novamente, o goleiro pegou um bom arremate do atacante. Na segunda, outro chute torto e fraco. Chance, porém, quem criou foi Samuel. Limpou a zaga na entrada da área e tentou encobrir o goleiro Beto, que salvou com as pontas dos dedos.

COPA DO BRASIL

Após encerrar a participação no Campeonato Pernambucano, o Sport entra em campo na quarta-feira (6), pela primeira partida da segunda fase da Copa do Brasil. Enfrenta a Chapecoense, em Santa Catarina, às 22h, na Arena Condá.

FICHA DO JOGO

Sport: Magrão; Vítor, Éwerton Páscoa, Durval e Danilo; Rodrigo Mancha, Rithely (Wendel), Diego Souza e Régis (Élber); Joéliton e Mike (Samuel). Técnico: Eduardo Baptista.

Central: Beto; Fabinho, Sinval, André Lima e Jaílton; Natan, Jucemar Gaúcho, Juninho Silva e Luís Fernando (Madona); Candinho (Erick) e Roger (Fabiano). Técnico: Humberto Santos.

Árbitro: Giorgio Wilton. Assistentes: Francisco Bezerra e Bruno Vieira. Cartão amarelo: Fabinho, Juninho Silva, Sinval e Durval. Público: 3.469. Renda: R$ 48.64500