Sport 0x0 grêmio

Sport melhora no segundo tempo, mas não aproveita Grêmio desfalcado e fica no 0 a 0

Ficha do jogo

Sport 0
Mailson; Raul Prata, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Deivid, Fellipe Bastos, Gabriel (Everton Felipe), Marlone (Michel Bastos) e Rogério (Carlos Henrique); Rafael Marques. Técnico: Claudinei Oliveira.
Grêmio 0
Marcelo Grohe, Léo Moura, Paulo Miranda, Bressan e Cortez; Cícero, Arthur, Ramiro, Thaciano (Kaio) e Lima (Pepê); André (Jael). Técnico: Renato Gaúcho.
Local: Ilha do Retiro
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG)
Assistentes: Guilherme Camilo (Fifa/MG) e Sidmar Meurer (MG)
Cartões amarelos: Sander, Deivid, Ronaldo Alves (S), Kaio, Cícero (G)
Público: 19.447

Mesmo com domínio, Sport não sai do 0×0 com Grêmio

Autor: Marina Padilha

As mudanças do time que entrou em campo contra o Corinthians no último domingo vão além da ausência de Durval e Neto Baiano. O Sport de hoje mostrou mais atitude na busca a um resultado positivo. Criou boas jogadas, avançou com velocidade e aproveitou falhas do adversário na intermediária.

Do outro lado, o Grêmio, quarto colocado no início da partida, tinha como meta manter-se nas primeiras colocações com o resultado da partida de hoje. Com desfalques de Ramiro e Riveras, o técnico Enderson Moreira apostava nas bolas paradas para vencer.

JOGO – Já aos dois minutos, a equipe rubro-negra passeou com velocidade pelo lado direito do campo e chegou com perigo à area adversária, assustando o goleiro Marcelo Grohe. Além do ataque, a zaga leonina também estava bem armada, sem deixar espaço para as investidas do Grêmio que, a princípio, só arriscava de fora da área.

A primeira boa chegada do Tricolor só aconteu aos 23 minutos, com Alan Ruiz. O camisa 11, inclusive, foi o jogador que mais deu trabalho à zaga leonina. Mas somente três minutos depois, após finalização de Barcos, que o Grêmio passou a ter mais domínio de campo, chegando com velocidade e bagunçando a zaga leonina.

Nos momentos finais do primeiro tempo, o Grêmio encontrou mais espaço para jogar. Ao Sport faltava velocidade para contra-atacar. A essa altura a equipe tricolor já equilibrara a partida e tinha mais posse de bola.

No segundo tempo, o Leão da Ilha adiantou a marcação e teve mais velocidade. Avançando com velocidade, o time conseguiu armar boas jogadas, mas faltavam boas finalizações.

Se à equipe gaúcha faltava espaço na área leonina e acerto de passes, o Sport aproveitava as chances para finalizar. Aos 24 minutos, o time da casa chegava com perigo ao ataque, mas não acertava o gol. Quem chegou mais perto foi Ananias, que recebeu de Renê e quase marcou o primeiro de cabeça, mas Gustavo Grohe defendeu.

Nos últimos cinco minutos de jogo a pressão do ataque leonino ficou ainda mais evidente. O Grêmio se fechava e tentava evitar entradas do Sport, mas não conseguia. Quando marcado, Renê arriscava de fora da área e assustava. No fim, quando já não restavam chances de ataque, o Grêmio preferiu tentar segurar o jogo e manter a quarta colocação.

Mesmo sem a vitória, o Sport mostrou superioridade na partida. Não deu espaço ao adversário, jogou com velocidade e furou a marcação da equipe gaúcha. Apesar da grande quantidade de finalizações, faltou a mira. Com o empate, o Leão chega aos oito pontos, ocupando a décima quarta posição. O Grêmio chegou aos catorze pontos.

O Sport agora encara o Vitória, às 21h do próximo sábado, em Feira de Santana, na Bahia.

Ficha da partida – Sport 0 x 0 Grêmio

Sport: Magrão; Patric, Ferron, Páscoa e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha, Augusto e Ananias; Érico Júnior e Leonardo. Técnico: Eduardo Baptista.

Grêmio: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Bressan e Breno; Edinho, Zé Roberto, Rodriguinho, Alán Ruiz e Dudu; Barcos. Técnico: Enderson Moreira.

Série A – Oitava rodada. Local: Ilha do Retiro. Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ). Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Luiz Claudio Regazone (ambos RJ). Amarelos: Pará (27′/1T), Dudu (12′/2T), Renê (28′/2T); Público: 7.489.