Sport 0x1 Salgueiro

Salgueiro prova que não é perigoso apenas no Sertão

Autor: Thiago Wagner

Carcará venceu por 1×0. Foto: Guga Matos/JC Imagem

A vitória de 1×0 sobre o Sport, neste domingo, em plena Ilha do Retiro, provou de uma vez por todas que o Salgueiro não é perigoso apenas no Cornélio de Barros. Com uma defesa sólida, o Carcará segurou o ímpeto rubro-negro e mostrou que está mais do que na briga pelo título do Pernambucano. Batê-los será muito difícil, seja onde for. Por outro lado, o Leão dá sinais que ainda não alcançou todo o seu potencial, principalmente na criação. Toty foi o autor do gol da vitória dos visitantes.

Com esse resultado, o Salgueiro dá um passo importante para ser líder do Hexagonal do Título. Basta vencer o Náutico, em casa na última rodada, que ficará na ponta. Já o Sport não pode mais ser primeiro. Os rubro-negros torcem contra o Timbu para ainda pensarem na segunda colocação. No entanto, a disputa local dará um tempo para o Leão e o Carcará. Ambos agora se voltam para o Nordestão, onde enfrentam o CRB e o Campinense, respectivamente. Os dois jogos serão na próxima quarta-feira.

LEIA MAIS:
> A vitória do Salgueiro nas Ondas da Rádio Jornal

> Confira Sport x Salgueiro nas lentes da JC Imagem

Muita disposição, mas poucas bolas nas redes

Apesar de já estarem classificados, Sport e Salgueiro foram equipes que procuraram o ataque, cada um ao seu estilo. Enquanto o Leão apostou mais no toque de bola e no jogo pelos lados, o Carcará tentou marcar forte o adversário e sair em velocidade para chegar com perigo. Os times tiveram relativo sucesso nas suas estratégias e poderiam até ter chegado aos gols, se não fossem os erros, seja de criação ou de finalização.

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Assim, não foi surpresa que o gol da partida tenha sido marcado em oportunidade de fora da área. Com as defesas levando a melhor, coube a Toty arriscar o chute de longe para anotar um golaço. Magrão nada pôde fazer para impedir a derrota rubro-negra em casa. O lance ainda mostrou a estrela do técnico Sérgio China, que tinha acabado de acionar o jogador.

Mas o Carcará não levou a melhor apenas porque foi feliz no chute de longa distância. Os sertanejos também provaram porque são a melhor defesa do campeonato com apenas três gols sofridos. Após obter a vantagem, se fecharam lá atrás e dificultaram muito a vida dos rubro-negros. Restou apenas aguardar o apito final para o Salgueiro garantir os três pontos.

Foi para o chuveiro

falcao-GM

O técnico Falcão não viu toda a partida no gramado. Isso porque foi expulso pelo árbitro Nielson Nogueira Dias. O treinador rubro-negro reclamou de faltas sobre Samuel Xavier e Nielson não gostou, mandando o comandante leonino para o “chuveiro”.

FICHA DA PARTIDA – SPORT 0X1 SALGUEIRO

Sport: Magrão; Samuel Xavier (Maicon), Henríquez, Luís Gustavo e Renê; Rithely, Serginho (Vinícius Araújo), Luiz Antônio, Gabriel Xavier (Fábio) e Lenis; Túlio de Melo. Técnico: Falcão.

Salgueiro: Gleibson; Tamandaré, Rogério, Ranieri e Daniel; Rodolfo Potiguar, Moreilândia, Jefferson Berger (Nilson) e Cássio; Lucas Piauí (Marlon) e Piauí (Toty). Técnico: Sérgio China.

Pernambucano 2016. Local: Ilha do Retiro, Recife (PE). Árbitro: Nielson Nogueira Dias. Auxiliares: Bruno Cesar Chaves e Charles Rosas. Gol: Toty (SAL) aos 26 minutos do segundo tempo. Amarelos: Lucas Piauí (SAL), Jefferson Berger (SAL), Rithely (SPT) e Lenis (SPT). Público: 4.370.