Sport 1×0 Grêmio

Sport bate Grêmio e assume sétima posição

Por Carlyle Paes Barretto, editoria de Esportes do Jornal do Commercio

Se brilhou novamente a estrela do artilheiro André no ataque do Sport, o paredão Danilo Fernandes voltou a fechar o gol na parte defensiva. Com o somatório das duas grandes atuações produzindo a reabilitação rubro-negra no Campeonato Brasileiro, ao vencer o Grêmio por 1×0, na Ilha do Retiro.

Resultado que faz o Sport se reaproximar do G-4, ocupando agora a sétima posição, com 52 pontos. Apenas um ponto a menos que São Paulo e Internacional. E a dois do Santos, quarto colocado. Já o Grêmio segue com 59, na terceira colocação.

O JOGO

O jogo começou em ritmo acelerado, com as duas equipes marcando firme, mas sem abrir mão de atacar. E alternando-se nos ataques e contra-golpes. Aos poucos, os rubro-negros foram ganhando território, abrindo espaços na defesa gremista, com velocidade na troca de passes. Só que pecando nas finalizações.

Nas mais perigosas, os atacantes leoninos erraram a pontaria. Primeiro com André, aos 10 minutos, ao receber belo passe de Elber e, de primeira, bater forte. A bola raspou a trave de Marcelo Grohe. Depois com Diego Souza mandando uma bomba sobre a trave, após boa tabela com Samuel Xavier. Foram cinco finalizações do time

pernambucano no primeiro tempo, contra apenas duas dos gaúchos, que desperdiçaram uma grande chance. Quando Giuliano levou a melhor sobre Renê, cruzou rasteiro e Luan se antecipou a Matheus Ferraz, obrigando Danilo Fernandes a fazer ótima defesa. Salvando o Sport.

Diferentemente da partida contra o São Paulo, o Leão foi mais aceso. Tentando ser protagonista, mes diante do terceiro colocado do Brasileirão. A volta de Diego Souza ajudou, ao atuar mais próximo a André. Mas as oscilações de Renê e Marlone atrapalharam o time.

A segunda etapa começou com Danilo Fernandes evitando novamente gol do Grêmio, aos 40 segundos, ao sair com precisão nos pés de Everton, que entrava livre. Outra

bobeira leonina foi aos 12, com Matheus Ferraz errando passe na saída de jogo e permitindo chute perigoso de Luan. Era o que faltava para o técnico Falcão mexer na equipe, trocando o apagado Marlone por Régis.

A mudança parecia que não iria alterar o panorama da partida, que seguiu equilibrada. Mas aos 24 minutos, a dupla André-Diego funcionou. O camisa 87 escorou lançamento de Rithely, o artilheiro rubro-negro encobriu Marcelo Grohe com categoria, abrindo o placar. Foi o 12º gol de André na competição.

A partir daí, o Grêmio passou a se expor. E o Sport foi perdendo gols em contra-ataques. Especialmente com Régis. A expulsão de Pedro Rocha, aos 34 minutos, também facilitou.

FICHA TÉCNICA

SPORT
Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Páscoa e Renê; Rithely, Ronaldo, Marlone (Régis) e Elber (Neto Moura); Diego Souza e André. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

GRÊMIO
Marcelo Grohe; Galhardo, Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Moisés (Ramiro), Wallace, Giuliano e Douglas (Fernandinho); Everton (Pedro Rocha)e Luan. Técnico: Roger Machado.

Local: Ilha do Retiro. Árbitro: Heber Roberto Lopes. Assistentes: Kleber Lúcio Gil e Carlos Berkenbrocke . Gol: André, aos 24 minutos do 2º tempo. Renda: R$ 215.550. Público: 11.091.
Expulsão: Pedro Rocha, aos 34 do 2º tempo.