SPORT 4X1 FIGUEIRENSE

Vitória traz um pouco de tranquilidade para o Sport

Autor: Thiago Wagner

Fotos: Diego Nigro/JC Imagem

Pode não ter um jogo espetacular, mas o Sport que venceu o Figueirense por 4×1 neste domingo, na Ilha do Retiro, pela primeira rodada do Brasileirão, demonstrou pelo menos um pouco mais de empenho no gramado. Os jogadores parecem ter assimilado a cobrança da torcida, e da diretoria, e se doaram mais no campo para construir uma vitória segura. Um resultado que se não recupera totalmente a confiança do torcedor, pelo menos dá um pouco mais de tranquilidade para os rubro-negros e para o técnico Eduardo Baptista, que precisa desse resultado. Matheus Ferraz, Diego Souza (duas vezes) e Régis marcaram para os leoninos, enquanto Renê (contra) anotou o dos visitantes.

Na próxima rodada, os comandados de Baptista encaram o Flamengo, fora de casa. Já os catarinenses recebem o Vasco da Gama.

 

Vitória tranquila do Leão

Com um time praticamente todo formado por reservas, o Sport teve uma vitória bem tranquila nesta tarde. Não fez uma partida espetacular com muita pressão sob o adversário, é verdade, mas soube controlar o jogo com as melhores chances do confronto. Tanto é que mal foi agredido no campo. O Figueirense só veio assustar Magrão mesmo no segundo tempo, depois que sofreu o segundo gol. Ainda assim, foi uma pressão tímida para uma equipe que buscava a reação.

rene-770

Assim, coube aos rubro-negros tocarem a bola com calma. Somente quando a redonda vinha para os pés de Élber, um dos melhores em campo, que o Sport ganhava um pouco mais de velocidade. Os gols meio que acabaram saindo com naturalidade, sem aquele esforço descomunal do Pernambucano e do Nordestão. Foi tão fácil para o Leão, que até mesmo o gol dos catarinenses foi anotado por um rubro-negro. Renê mandou contra a meta de Magrão em um belo lance. Pena que foi contra para o camisa 6.

Diego “Showza”

diegosouza

Podem chamá-lo de caro e até dizer que ele ficou devendo no Pernambucano ou no Nordestão, mas neste domingo não tem como criticar Diego Souza. O camisa 87 foi o verdadeiro maestro do Leão no gramado com vários passes para os companheiros, que não tiveram o mesmo brilhantismo do meia-atacante. Assim, coube a ele mesmo ir lá e resolver a parada com uma jogada individual, que acabou no pênalti cobrado por ele mesmo. Destaque para a categoria, e frieza, na hora da cobrança. Coisa de craque. Diego ainda marcou mais uma vez de pênalti para coroar a excelente atuação.

Ficaram devendo

samuel-770

Samuel não foi bem na partida.

Apesar do 4×1, ainda teve o que criticar no Leão. O ataque mais uma vez ficou devendo. Tanto Samuel como Joelinton falharam na hora de finalizar. É bom os dois se ligarem porque Hernane Brocador viu a partida e já está doido para entrar em campo.

FICHA DA PARTIDA – SPORT 4X1 FIGUEIRENSE

Sport: Magrão; Oswaldo, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Mancha), Élber (Mike) e Diego Souza; Samuel e Joelinton (Régis). Técnico: Eduardo Baptista.

Figueirense: Luan Polli; Willian Cordeiro, Nirley (Henrique), Bruno Alves e Marquinhos Pedroso; Dener, Jefferson, Ricardinho e Jean Deretti (Léo Lisboa); Everaldo e Dudu (Mazola). Técnico: Argel Fucks.

Brasileirão (1ª rodada). Local: Ilha do Retiro, Recife (PE). Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO). Auxiliares: Cristhian Passos Sorence (GO) e Bruno Raphael Pires (GO). Gols: Matheus Ferraz (S) aos 19 minutos do primeiro tempo. Diego Souza (S) aos 18, Renê (contra) aos 22, Diego Souza (S) aos 32 e Régis (S) aos 42 do segundo. Amarelos: Marcos Pedroso (F), Régis (S) e Nirley (F). Vermelho: Bruno Alves (F) – dois amarelos.  Público: 4.116. Renda: R$ 62.340.