Sport x Bahia

Sport e Bahia começam, na Ilha, decisão para saber qual o maior clube do Nordeste

Ficha do jogo

Sport
Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Raul Prata; Fabrício, Ronaldo e Diego Souza; Everton Felipe, André e Rogério. Técnico: Ney Franco.
Bahia
Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior, Juninho e Zé Rafael; Allione, Diego Rosa e Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.
Local: Ilha do Retiro.
Horário: 21h45.
Árbitro: Antonio Dib Moraes (PI).
Assistentes: Flávio Gomes Barroca (RN) e Pedro Jorge Santos (AL).
Ingressos: todos vendidos

Eduardo Baptista define time e explica saída de Wendel

Eduardo Baptista disse que usou critério técnico para barrar Wendel da equipe

JC Imagem – Autor: Matheus Albino

A saída do volante Wendel do time titular do Sport foi um dos temas abordados na coletiva de imprensa do treinador Eduardo Baptista na manhã desta terça-feira (25), na Ilha do Retiro. O comandante leonino voltou a dizer que a decisão de sacá-lo da equipe foi puramente técnica. De acordo com ele, a entrada de Rodrigo Mancha na vaga deu maior liberdade para que os laterais e o meia Diego Souza possam avançar ao ataque.

“Wendel e Rodrigo Mancha disputam uma mesma posição. O Mancha me dá uma característica que me interessa mais. Eu consigo dar mais liberdade aos meus laterais e mais liberdade ao Diego Souza para a gente poder chegar na frente. Os dois brigam por uma vaga. E, na minha opinião, o momento do Rodrigo Mancha é melhor”, avaliou o treinador.

Eduardo Baptista vem sendo bastante questionado pela mudança. É que Wendel saiu do time quando vivia o seu melhor momento desde que chegou ao clube, no ano passado, enquanto que Rodrigo Mancha não vem conseguindo manter o mesmo nível de atuação.

Nos últimos dias, ganhou força nas redes sociais uma notícia de que Eduardo Baptista e Wendel teriam tido uma discussão nos vestiários e que isso seria a causa principal para que o treinador decidisse tirar o volante da equipe. Uma possível briga não foi tratada na coletiva desta terça-feira.

Das 20 partidas disputadas pelo Sport no Brasileirão, Rodrigo Mancha foi titular em cinco e, com ele, o time ainda não venceu. Foram três empates (Grêmio, Atlético-PR e Ponte Preta) e duas derrotas (Corinthians e Figueirense).

Sport e Bahia, mais um capítulo de rivalidade no Nordeste

Leão tenta fazer valer o fato Ilha do Retiro. Foto: JC Imagem – Autor: Thiago Wagner

A rivalidade a importância de Sport e Bahia é tão grande na história do futebol nordestino que o duelo desta quarta-feira, na Ilha do Retiro, válido pela semifinal da Copa Nordeste, poderia ser muito bem a final da competição. Mas não é, infelizmente para uma das duas equipes, que ficará pelo caminho no regional. A batalha de 180 minutos será complementada no próximo domingo, na Fonte Nova, em Salvador e escreverá mais um capítulo do confronto entre rubro-negros e tricolores. O vencedor não é fácil de prever, mas há a certeza de que quem levar a melhor na semifinal chegará com muita moral para a grande final. Afinal não é todo dia que se elimina um dos maiores rivais da região.

Mistério para não dar armas ao adversário

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

O segredo foi a estratégia montada pelo técnico Eduardo Baptista para o duelo desta quarta. Além do treino secreto nesta terça, o comandante rubro-negro também não divulgou a escalação. A única certeza é que o zagueiro Matheus Ferraz, recém-contratado pelo clube, irá fazer a estreia com a camisa leonina. Fora isso, somente mistério para não dar armas ao adversário. Vou guardar para amanhã. Testamos algumas situações e vamos analisar”, disse Eduardo.

Apesar disso, a tendência é que não haja grandes surpresas. O time titular deve ser praticamente o mesmo que vinha atuando recentemente. A única provável dúvida é no ataque entre Mike e Samuel. Eis a escalação: Magrão; Vitor, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel e Diego Souza; Samuel (Mike), Élber e Joelinton.

Quem pode decidir – Diego Souza

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Não tem jeito, ele é o cara do Sport. Por mais que a fase do camisa 87 não seja das melhores, é muito difícil não apontá-lo como o jogador que pode decidir algo para os rubro-negros nesta quarta-feira. Pela qualidade que tem, é a principal esperança do Leão no gramado.

Fique de olho – Durval

Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Se Diego Souza é o responsável por decidir a parte ofensiva, Durval é quem tem que evitar o pior na parte defensiva. O capitão rubro-negro tem a missão de ser perfeito contra um ataque poderoso dos baianos. A tarefa não será fácil, mas está na alçada do zagueiro.

Ataque poderoso pela frente

Foto: Felipe Oliveira - site do Bahia

Kieza comanda a parte ofensiva dos baianos. Foto: Felipe Oliveira – site do Bahia

O Bahia vem para o Recife apostando principalmente no poder do ataque, que conta com nomes como Maxi Biancucchi, o ex-alvirrubro Kieza e o ex-tricolor Léo Gamalho. Mas os atacantes não devem ser a única preocupação. Nomes como o volante Souza (ex-Náutico), Rômulo e Tcho também devem receber atenção de Baptista.

FICHA DA PARTIDA – SPORT X BAHIA

Sport: Magrão; Vitor, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel e Diego Souza; Samuel (Mike), Élber e Joelinton. Técnico: Eduardo Baptista.

Bahia: Douglas Pires; Tony, Titi, Chicão e Patric; Pittoni, Souza, Tiago Real; Maxi Biancucchi, Kieza e Léo Gamalho. Técnico: Sérgio Soares.

Copa do Nordeste (semifinal). Local: Ilha do Retiro, Recife (PE). Horário: quarta-feira, às 22h. Árbitro: Auxiliares:

Contra o Bahia, Sport busca vitória para começar bem série dura de jogos

Autor: Thiago Wagner

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Vencer o Bahia, nesta quarta-feira, na Arena Fonte Nova, é importante não só para o Sport quebrar a série de cinco derrotas seguidas fora de casa na Série A, mas também por causa da sequência de jogos difíceis que o Leão terá pela frente depois de encarar o Tricolor de Aço – Cruzeiro, Corinthians e Grêmio – equipes que estão na frente dos leoninos da competição. Será o momento dos pernambucanos mostrarem se estão ou não na briga pelo G4. Então, se os rubro-negros quiserem manter o sonho da Libertadores aceso, mesmo que de maneira mínima, será preciso largar bem nesta série de partidas complicadas com uma vitória diante dos baianos.

Sport com problemas contra o Tricolor de Aço

O Sport chega para este confronto com mudanças em relação ao time que venceu o Coritiba, no último domingo, na Ilha do Retiro. O lateral-direito Patric está suspenso pelo terceiro amarelo e dará lugar a Vitor, enquanto que Oswaldo, lesionado, dá vaga a Henrique Mattos. Além disso, o técnico Eduardo Baptista pode mexer no meio de campo. Wendel está mais desgastado fisicamente e pode sair para a entrada de Ronaldo. Outra dúvida do treinador é no ataque, onde Danilo, Felipe Azevedo e Ananias disputam uma vaga entre os titulares.

Bahia fugindo do rebaixamento

Em 18º com 23 pontos, o Bahia luta desesperadamente contra o rebaixamento na Série A. Por isso, a vitória contra os rubro-negros é o único resultado que interessa para fugir da degola. Um possível ‘reforço’ para alcançar tal objetivo é o lateral-esquerdo Guilherme Santos, que volta de suspensão. Por outro lado, o atacante Rhayner segue de fora, com lesão.

Quem pode decidir

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Diego Souza. Contratado para ser o ‘cara’ do Sport na Série A, o meia Diego Souza ainda não fez uma grande exibição com a camisa do Sport. Mas já começa a se destacar no Leão. Foi assim na partida contra o Coritiba, quando deu o passe para o gol de Felipe Azevedo. Se continuar crescendo, pode ser ainda mais decisivo contra o Bahia.

Fique de olho

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Vitor. No lugar de Patric, o lateral-direito tem uma missão nada fácil nesta quarta. Afinal, ele substituirá ninguém mais ninguém menos do que o artilheiro do time na competição (Patric tem cinco gol). Por isso, vale ficar de olho no comportamento do jogador contra o Bahia.

Palavra do treinador

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

“Eu vou insistir um pouco com o toque de bola. O Bahia vai agredir mais e vou precisar mais da bola. Mas vou cobrar também uma diagonal forte na frente. Vou tentar mesclar essas duas partes”, disse Eduardo Baptista.

A ameaça

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Com cinco gols na Série A, o atacante Kieza é a principal ameaça do Bahia no jogo. O jogador é velho conhecido dos rubro-negros dos tempos em que jogava no Náutico e provocava o mesmo perigo. Dar espaço para Kieza pode significar a derrota.

FICHA DA PARTIDA – BAHIA X SPORT

Bahia – Marcelo Lomba; Railan, Demerson, Lucas Fonseca e Pará (Guilherme Santos); Uelliton, Léo Gago, Rafael Miranda e Marcos Aurélio; Kieza e Rafinha. Técnico: Gilson Kleina.

Sport – Magrão; Vitor, Henrique Mattos, Durval e Renê; Rithely, Wendel (Ronaldo) e Ibson; Diego Souza, Danilo (Ananias) (Felipe Azevedo) e Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista.

Série A (24º rodada). Local: Arena Fonte Nova, Salvador (BA). Horário: quarta-feira, às 21h. Árbitro:  Flavio Rodrigues Guerra – SP. Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis (ambos de São Paulo).