Sport x Campinense

Em prova de fogo, Sport tenta derrubar Campinense para seguir no Nordestão

Ficha do jogo

Sport

Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Mansur; Ronaldo, Rithely e Diego Souza; Everton Felipe, André e Rogério. Técnico: Ney Franco

Campinense

Glédson; Osvaldir, Joécio, Paulo Paraíba e Gilmar; Negretti, Magno, Augusto e Jussimar; Maranhão e Reinaldo Alagoano. Técnico: Ney da Matta.
Local: Ilha do Retiro.
Horário: 16h.
Árbitro: Antônio Dib Morais (PI).
Assistentes: Mauro Cezar Evangelista (PI) e Rondinelle dos Santos Tavares (AL).
Ingressos: R$ 30 (arquibancada frontal), R$ 15 (sócio e estudante); R$ 20 (arquibancada sede), R$ 10 (sócio e estudante)

Sport quer fazer a Ilha ferver contra o Campinense

Autor: Alvaro Filho

O time dos “sonhos” de Falcão entra em campo para tentar concretizar o sonho do torcedor do Sport de alcançar mais uma final da Copa do Nordeste. Pela primeira vez com Diego Souza, Mark González, Lenis e companhia, o Leão recebe o ranhento Campinense, às 20h desta quinta (14), na Ilha do Retiro, na primeira partida da semifinal. A expectativa é de casa cheia, com direito à quebra de recorde na temporada. A partida de volta será domingo (17), no Amigão, em Campina Grande.

Após lidar com sucessivas contusões da principal contratação da temporada, o chileno Mark González, e sem poder escalar o maior ídolo rubro-negro da atualidade, Diego Souza, no Pernambucano, Falcão ansiava pela oportunidade de contar com os dois e a oportunidade finalmente chegou. Ao lado de Lenis e de Vinícius Araújo, o técnico rubro-negro arma o que vem sendo chamado de “Quarteto Mágico”.

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

“Se for mesmo essa a formação, com certeza o entrosamento não vai ser difícil. São jogadores de qualidade e a qualidade sempre superar qualquer dificuldade”, disse Diego Souza. Para não dizer que o Leão vai com força máxima total, o lateral-esquerdo Renê, autor do gol da classificação contra o CRB, cumpre suspensão. Christianno, que veio junto com Serginho do Vasco, vai para o segundo jogo consecutivo, já que atuou contra o Santa Cruz, no clássico de domingo (10).

Do outro lado,  o Campinense não conta com Rodrigão, artilheiro do Nordestão, com sete gols (e até agora do Brasil, com 15), os paraibanos vão apostar na marcação. Para o técnico Francisco Diá, um empate, de preferência com gols, é a meta. Empate, aliás, é o resultado mais frequente no confronto entre as equipes, oito no total de 12 confrontos. O Sport venceu três jogos e o Campinense apenas um.

A expectativa é de uma Ilha do Retiro lotada, provavelmente com o melhor público do ano, batendo os 21.446 torcedores de Sport 1×0 CRB, na volta das quartas do Nordestão.

FICHA DO JOGO

Sport

Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Oswaldo Henríquez, Durval e Christianno; Serginho, Rithely, Diego Souza, Reinaldo Lenis e Mark González; e Vinícius Araújo. Técnico: Paulo Roberto Falcão. Esquema: 4-51.

Campinense

Gledson; Leandro Sobral (Fernando Pires), Joéci, Tiago Sala e Danilo; Negretti, Magno, Filipe Ramon e Róger Gaúcho; Bruno Corrêa e Raul. Técnico: Francisco Diá. Esquema: 4-4-2.

Local: Ilha do Retiro. Árbitro: José Ricardo Vasconcelos (AL). Assistentes: Rondinelle Tavares e Pedro Jorge Araújo (ambos de AL). Ingressos: de R$ 20 a R$ 120