Sport x Central

Na despedida do time reserva, Sport busca vencer Central para manter planejamento

Jogos do time reserva do Sport

Salgueiro 0x0 Sport
Sport 1×0 Belo Jardim
Sport 1×1 Náutico
Belo Jardim 0x1 Sport
Sport 2×2 Salgueiro*
*Atuou com uma equipe sub-20

Ficha do jogo

Sport
Agenor; Raul Prata, Henriquez, Matheus Ferraz e Evandro; Rodrigo, Ronaldo e Thallyson; Paulo Henrique, Leandro Pereira e Lenis. Técnico: Ney Franco.
Central
Dênis; Leanderson, Sanny Rodrigues, Thomaz e Daniel São Caetano; Paulinho Curuá, Wesley, Markinhos e Gabriel Silva; Gildo e Azul. Técnico: Catende.
Local: Arruda.
Horário: 16h.
Árbitro:José Woshington da Silva.
Assistentes: Fabrício Leite e Charles Rosas

Pressionado, Sport quer vencer para tranquilizar a torcida

Foto: Fernando da Hora/JC Imagem – Autor: Alvaro Filho

Se o Sport precisava de um jogo para encerrar a recente má fase que o time vive, ele chegou. Neste sábado (12), às 17h, na Ilha do Retiro, o Leão enfrenta o Central, que faz uma temporada para ser esquecida: cinco vitórias e apenas um empate, em seis jogos. Após perder para o Fortaleza, pela Copa do Nordeste (2×1), e empatar antes com Náutico (1×1), pelo Estadual, e River/PI (2×2), também no Nordestão, os rubro-negros têm a faca e o queijo na mão para se reencontrar com a vitória.

Tem um só detalhe nessa campanha medonha do Central que o Sport precisa ter atenção: o único ponto conquistado pela Patativa foi na rodada passada, contra o Santa Cruz, no Arruda, no empate por 0x0.

Se confirmar o favoritismo, o Sport, atualmente em terceiro, com 10 pontos, se iguala ao líder Salgueiro e o vice-líder Náutico, com 13. Se vencer por quatro gols ou mais de diferença, “dorme” na liderança do Estadual. Já o Central, com seu único ponto, segue sem grandes pretensões de classificação às semifinais. A “meta” é terminar a participação de forma mais digna.

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

O TIME

Com pouco tempo para treinar, é provável que o técnico Falcão não faça grandes mudanças no time, que folgou na quinta (10) e fechou o treino na sexta (11). Caso resolva mexer na equipe, o treinador pode sacar o zagueiro Matheus Ferraz, bastante criticado por erros que vêm resultando em gols. Ao lado de Durval, pode ser acionado é Oswaldo Henríquez, o Bocanegra.

Outra provável mudança é a volta do meia Luiz Antônio ao time. Quem deve perder a vaga é o atacante Vinícius Araújo.

O CENTRAL

O Central promete uma postura agressiva contra o Sport. O técnico Flávio Barros deve promover a entrada do atacante Candinho, formando o sistema ofensivo ao lado de Lourigol, com o veterano Araújo centralizado na criação do meio-campo. Os desfalques da Patativa são os zagueiros Vinícius Santos e Henrique e o volante Daniel Paraíba, todos suspensos.

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

FICHA DO JOGO

Sport

Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Durval, Matheus Ferraz (Oswaldo Henríquez) e Renê; Rithely, Serginho, Luiz Antônio (Vinícius Araújo) e Gabriel Xavier; Lenis e Túlio de Melo. Técnico: Falcão.

Central

Juninho; Gustavo Henrique, Márcio Paraíba, Jonatas, Sadrak; Charles Wagner, Moisés,  Araújo e Candinho; Giso e Lourival. Técnico: Flávio Barros.

Local: Ilha do Retiro. Horário: 17h. Árbitro: Wagner Cabral Miranda. Assistentes: Elan Vieira e Aldir Pereira.

Sport e Central se despedem do Campeonato Pernambucano

Foto: Guga Matos/JC Imagem/Arquivo – Autor: Wladmir Paulino

Tanto para o Sport quanto para o Central o jogo deste sábado (2), a partir das 16h, na Ilha do Retiro, é uma mera formalidade na disputa pelo terceiro lugar do Campeonato Pernambucano. Afinal, a goleada por 5×0 imposta pelos rubro-negros no confronto de ida, na quarta-feira, em Caruaru, deixou a disputa praticamente definida. Para mudar a história a Patativa precisa vencer por seis gols de diferença. Se for por cinco, a decisão vai para as cobranças de pênaltis.

Apesar da grande vantagem, o técnico leonino, Eduardo Baptista, vai usar o que tiver de melhor. A intenção dele é repetir a escalação de quarta-feira, mas está na dependência do lateral-esquerdo Renê e do atacante Joelinton. Ambos apresentaram um desgaste muito alto e caso consigam se recuperar, entram em campo com os demais. A única alteração é a volta do lateral-direito Vítor, que cumpriu suspensão, no lugar de Oswaldo.

Eduardo quer o mesmo time jogando da mesma forma como fez em Caruaru, até porque os próximos compromissos, daqui por diante, serão bem mais complicados. Na quarta (6), o Sport enfrenta a Chapecoense, na segunda fase da Copa do Brasil. No domingo (10), o time inicia a caminhada no Brasileirão, diante do Figueirense, na Ilha.

“O time fez o primeiro jogo bom e vamos fazer o segundo para recuperar a autoestima. A orientação é para trabalharem, fazerem os gols e confirmar a vaga na Copa do Nordeste”, disse.

Sobre a Chapecoense, Eduardo lembrou que é um time com alguns jogadores já conhecidos do Leão, como os atacantes Roger e Ananias, além do meia Camilo e o volante Elicarlos. “É um time que vem se preparando há 15 dias e vem sedento para esse jogo. É de primeira divisão e uma demonstração do que vamos enfrentar lá na frente”, comentou.

CENTRAL
A Patativa vem ao Recife definida. E a única mudança é a volta do zagueiro André Lima, recuperado de contusão. O técnico Humberto Santos acertou a permanência para a disputa da Série D.

Ficha do jogo:

Sport: Magrão; Vítor, Ewerton Páscoa, Durval e Renê (Danilo); Rithely, Wendel (Mancha), Diego Souza e Élber; Felipe Azevedo e Joelinton (Samuel). Técnico: Eduardo Baptista

Central: Beto; Fabinho, Sinval, André Lima e Jaílton; Natan, Jucemar Gaúcho, Luiz Fernando e Juninho Silva; Candinho e Roger. Técnico: Humberto Santos.

Local: Ilha do Retiro. Horário: 16h. Árbitro: Giorgio Wilton. Assistentes: Francisco Bezerra e Bruno Vieira. Ingressos: R$ 10 (sócio), R$ 30 (arquibancada) R$ 40 (cadeira) e R$ 50 (camarote).

Sport enfrenta o Central e tenta manter invencibilidade

Foto: Diego Nigro/JC Imagem – Autor: Matheus Albino

Líder absoluto e invicto no Hexagonal do Título do Campeonato Pernambucano com 12 pontos, o Sport recebe o Central nesta quinta-feira, às 19h30, na Ilha do Retiro, pela quinta rodada da competição. O Leão tem ainda a melhor defesa com apenas dois gols sofridos, e o ataque, que já balançou as redes 11 vezes.

O jogo é tratado com muita importância pela comissão técnica, que espera uma vitória para poder dar descanso aos titulares no próximo domingo, contra o mesmo Central, mas em Caruaru. Em relação ao time titular apenas uma novidade, a volta do zagueiro Ewerton Páscoa, que vem tendo atuações abaixo do esperado, no lugar de Oswaldo.

Destaque

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

O atacante Mike vem em alta por conta das boas atuações nas últimas rodadas. Contra o Socorrense pelo Nordestão ele marcou um golaço e ajudou o time a sair com a vitória. Foi um gol crucial em um momento delicado do Leão na partida. Os titulares no ataque são a maior dúvida do treinador, certamente Mike vem ajudando a aumentar essas dúvidas.

Fique de olho

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Vaiado nos dois últimos jogos o meia Diego Souza precisa aparecer o mais rápido possível. Um jogador que foi contratado a peso de ouro e com um salário acima do padrão do futebol nordestino  não pode ser tão passível e discreto em campo como o camisa 87 vem sendo. Seus clubes anteriores, Vasco e Cruzeiro, se cansaram de sua apatia e das vaias da torcida e resolveram negociá-lo.

O adversário

GM220215009

Bem cotado a ficar com uma das vagas na próxima fase o Central vai para a Ilha do Retiro querendo surpreender os donos da casa. O desempenho contra os grandes não é dos melhores, uma derrota e um empate. Mas, esse será o primeiro jogo fora contra os principais candidatos ao título estadual, uma boa chance para aprontar na competição. O técnico Laelson Lima conta com os retornos do lateral Éverton e do atacante Candinho. Sem Juninho o ataque deve ser formado por ele e Fabiano.

Ficha de jogo

Sport: Magrão; Vítor, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Rodrigo Mancha e Danilo; Diego Souza, Mike e Joelinton. Técnico Eduardo Baptista

Central: Beto; Fabinho, André Lima, Sinval, Mattia Binattin e Everton; Jucemar Gaúcho, Fernando Pires e Luiz Fernando; Candinho e Roberto Pitío (Fabiano). Técnico: Laelson Lima.

Campeonato Pernambucano (5°rodada). Local: Estádio Lacerdão (Caruaru). Data: 26/02. Horário: 19h30. Árbitro: Nielson Nogueira Dias. Assistentes: Charles Rosas Pires e Aldir Amorim Pereira