SPORT X GOIÁS

Bom início de Sport e Goiás tem tira-teima na Ilha do Retiro

Autor: Wladmir Paulino

Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

O bom início do Sport na Série A do Campeonato Brasileiro será posto à prova nesta quinta-feira (4) diante de uma equipe que encontra-se na mesma situação, o Goiás. Ambos têm os mesmos oito pontos e ainda não perderam na competição. O time pernambucano, que terá a vantagem de jogar diante de sua torcida, na Ilha do Retiro, leva vantagem nos gols: marcou nove e tomou cinco, com saldo de quatro. Os goianos têm menos apetite ofensivo, mas em compensação levaram apenas um gol. A partida começa às 21h.

Para esse confronto, o Leão terá de volta o meia Diego Souza, recuperado de uma virose. Por outro lado perde outro meia. Élber levou uma pancada no joelho no treino da terça-feira e fica de fora. Com isso, Régis está mantido no setor de criação e Maikon Leite fica como opção no banco de reservas.

O DRIBLE

Régis fez boa partida e o Sport venceu o Santos. Foto: Andre Nery / JC Imagem

Foto: Andre Nery / JC Imagem

Com o padrão tático definido, o técnico Eduardo Baptista espera furar o bloqueio esmeraldino com a qualidade técnica de seus jogadores, principalmente a dupla de meio-campistas. “Temos jogadores que podem furar o bloqueio, trabalhando pelas beiradas com os laterais ofensivos e por dentro com o talento de Neto (Moura), Diego (Souza) e Régis para quebrar a marcação. Temos que explorar bastante isso”, apontou.

FOCO

Foto: André Nery/JC Imagem

Foto: André Nery/JC Imagem

Durante a semana o treinador leonino também conversou com seus atletas sobre a responsabilidade de manter o bom momento. Para tanto ele lembrou os dias difíceis que o grupo passou no Pernambucano e Nordestão. “Estamos sempre pensando no tiro curto. Encarando cada partida como uma decisão. E, em decisões, não tem desvio de foco, baixa concentração. Temos conversado muito com eles (jogadores). É bom viver esse momento, mas precisamos lembrar o que pagamos em luta e doação para estar nesse momento. Se for diferente disso, vamos sair do pelotão de elite da Série A. Esse é um pelotão que não permite erros”

O CARA

Foto: André Nery/JC Imagem

Foto: André Nery/JC Imagem

A virose que atacou vários jogadores do Sport deixou por último o meia Diego Souza. Artilheiro do time com três gols, o camisa 87 está plenamente recuperado e escalado para esse jogo. NO sistema de jogo trabalhado pelo técnico ele deve atuar pelo lado direito do campo, procurando as dobradinhas com o lateral Samuel Xavier.

GOIÁS
O atacante Erik, em má fase, não enfrentará o Sport por opção do técnico Hélio dos Anjos. Carlos será o substituto, que formará dupla com Bruno Henrique, este retornando após suspensão. Quem também volta é o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, depois de cumprir cinco meses de suspensão por doping. No entanto ele entra em campo com outra função, no meio de campo.

Ficha do jogo:

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Neto Moura, Régis e Diego Souza; e Joelinton. Técnico: Eduardo Baptista.

Goiás: Renan; Everton, Felipe Macedo, Alex Alves e Rafael Forster; Patrick, Rodrigo, Diogo Barbosa e Felipe Menezes; Carlos e Bruno Henrique. Técnico: Hélio dos Anjos.

Local: Ilha do Retiro. Horário: 21h. Árbitro: Flávio Guerra (SP). Assistentes: Dibert Pedrosa (RJ) e Vicente Romano Neto (SP). Ingressos: de R$ 20 a R$ 120.

Só a vitória interessa ao Sport contra o Goiás

– Autor: Thiago Wagner Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem

Vitória é uma palavra que está em desuso ultimamente na Ilha do Retiro. Isso porque o Sport já está há um mês sem vencer na Série A. São seis jogos com quatro derrotas e um empate na competição. Por conta disso, o discurso que antes focava a Libertadores já olha para a zona de rebaixamento. Sendo assim, vencer o Goiás, nesta quarta-feira, às 21h30 (horário do Recife), na Ilha do Retiro é fundamental para que a situação não fique ainda mais tensa no Brasileirão. Somente os três pontos podem trazer tranquilidade para os leoninos.

Leão com a volta de Durval e Goiás sem o capitão

Para essa partida, o técnico Eduardo Baptista contará com o retorno do zagueiro Durval, que retorna de suspensão pelo terceiro amarelo. Com a volta do capitão rubro-negro, Baptista tem poucas dúvidas para montar o time. Está entre Wendel e Ronaldo no meio, sendo que o último leva vantagem pela boa partida que fez contra o Botafogo, no último domingo.

Por outro lado, o Goiás não terá o capitão Amaral, suspenso pelo terceiro amarelo. No lugar dele deve entrar Erik. Além de Amaral, o técnico Ricardo Drubscky não poderá contar com o lateral-direito Moisés, que mesmo tendo se recuperado de lesão segue desfalcando os goianos.

Quem pode decidir?

Foto: Alexandre Gondim/Acervo JC Imagem

Foto: Alexandre Gondim/Acervo JC Imagem

Diego Souza. Apesar de não atuar na posição de origem, na meia, Diego ainda é a principal referência técnica do Sport, mesmo atuando como centroavante. Contra o Botafogo, por exemplo, demonstrou qualidade marcar um golaço. Se estiver em um dia inspirado, e tiver espaço, pode ser decisivo mais uma vez.

Fique de olho

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Rodrigo Mancha. A ausência do volante sempre foi sentida por Eduardo Baptista, que nunca escondeu que o jogador exerce uma função importante para o equilíbrio da marcação. Com ele de volta, o comandante rubro-negro pode ter mais tranquilidade para armar o time defensivamente falando. Pode não marcar gols, mas é decisivo no Leão.

A ameaça

Foto: Goiás Esporte Clube

Foto: Goiás Esporte Clube

Erik. Entrando na vaga de Amaral, o atacante esmeraldino é o artilheiro do Goiás na Série A com oito gols. Erik tem que ser vigiado de perto se os rubro-negros não quiserem amargar um resultado negativo em casa.

FICHA TÉCNICA – SPORT X GOIÁS

Sport: Magrão; Patric, Henrique Mattos, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Ronaldo (Wendel) e Ibson; Felipe Azevedo, Ananias e Diego Souza. Técnico: Eduardo Baptista.

Goiás:  Renan; Felipe Macedo, Jackson, Pedro Henrique e Felipe Saturnino; David, Thiago Mendes, Ramon e Esquerdinha; Erik e Samuel. Técnico: Ricardo Drubscky.

Série A (30ª rodada). Local: Ilha do Retiro, Recife (PE). Horário: quarta-feira, às 21h30 (horário do Recife). Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ). Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia e Gilberto Stina Pereira (ambos do Rio de Janeiro).