Sport x Grêmio

Sport encara Grêmio para ultrapassar meta de pontos e ter mês de paz no G6 da Série A

Ficha do jogo

Sport

Mailson; Raul Prata, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Deivid, Fellipe Bastos, Rogério, Gabriel e Marlone; Rafael Marques. Técnico: Claudinei Oliveira

Grêmio

Marcelo Grohe; Léo Moura, Paulo Miranda, Bressan e Cortez; Arthur, Cícero, Ramiro, Thaciano (Thonny Anderson) e Lima; André (Jael). Técnico: Renato Gaúcho
Local: Ilha do Retiro (Recife)
Horário: 19h30
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG/Fifa)
Assistentes: Guilherme Camilo (MG/Fifa) e Sidmar Meurer (MG)
Ingressos: R$ 10 (arquibancada sede sócio); R$ 15 (sociais; arquibancada frontal sócio; camarote, cadeira central e cadeira ampliação proprietário e sócio); R$ 20 (arquibancada sede não-sócio e visitante); R$ 30 (cadeira assento especial e ampliação sócio; arquibancada frontal não-sócio; cadeira ampliação proprietário; conselheiro); R$ 40 (Cadeira central sócio e proprietário); R$ 60 (Assento especial não-sócio); R$ 80 (Cadeira central não-sócio).

Sport precisa vencer o Grêmio para manter sonho do G4

Foto: JC Imagem

Provavelmente o jogo contra o Grêmio, a partir das 18h30 deste domingo (8), na Ilha do Retiro, pela 34ª rodada da Série A, seja a última chance para o Sport manter-se na briga por uma vaga na Copa Libertadores. E não apenas pela matemática. Um bom jogo e consequente vitória sobre os gaúchos daria um novo ânimo ao grupo, por superar um dos times mais regulares do Brasileirão. Os tricolor dos Pampas é o terceiro colocado com 59 pontos, dez a mais que os rubro-negros, que aparecem em oitavo.

Apesar de não ter divulgado a escalação, Falcão não deve fugir ao que vem fazendo. A única diferença é que o meia Diego Souza está à disposição depois de cumprir suspensão. A volta do camisa 87 leva Maikon Leite para a reserva. Como Durval ainda não está recuperado, Ewerton Páscoa será mantido como companheiro de Matheus Ferraz na zaga.

BONS ARES

Sport não vence o Grêmio há seis anos

Diego Souza está de volta após cumprir suspensão. Foto: JC Imagem

O técnico leonino comemorou a semana de trabalho para esta partida, bem diferente do que aconteceu com a semana que antecedeu o jogo com o São Paulo na rodada anterior. ” Tivemos uma semana boa de treinos, diferente da semana contra o São Paulo, que por vários motivos não foi boa. Lesão do Élber, Marlone e as ausências de Diego Souza e Durval.”

Apesar de fechar o treino e não divulgar o time ele garante que não tem nada a esconder. Quer apenas um momento mais reservado para discutir a melhor estratégia de jogo com os atletas.

Falcão quer seu time se impondo ao adversário, a exemplo do que fez diante do Atlético Mineiro, quando terminou goleando por 4×1. “Esse jogo é importante, é em casa. Temos que ter imposição em campo, jogar com alegria, felicidade mas também com responsabilidade. Estamos numa reta final e não há um jogo em que possamos relaxar se quisermos chegar ao nosso objetivo (G-4)”.

O ADVERSÁRIO
O técnico Roger Machado não tem ninguém machucado nem suspenso. Mesmo assim tem uma dúvida para o lado esquerdo do ataque: Pedro Rocha e Everton foram testados. O primeiro, em tese, larga na frente por ter jogado mais tempo no setor. Mas Everton teve uma boa participação quando substituiu o titular no jogo com o Flamengo, inclusive marcando um gol.

De acordo com Roger, Pedro Rocha é mais forte fazendo a diagonal, explorando bem as costas da defesa. Já Everton muda o estilo do jogo pela verticalidade e ter mais qualidade na finalização.

Ficha do jogo:

Sport: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Ewerton Páscoa, Matheus Ferraz e Renê; Rithely, Wendel e Diego Souza; Élber, André e Marlone. Técnico: Falcão.

Grêmio: Marcelo Grohe; Galhardo, Pedro Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Moisés, Walace, Giuliano, Douglas e Pedro Rocha; Luan. Técnico: Roger Machado.

Local: Ilha do Retiro. Horário: 18h30 (do Recife). Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC). Assistentes: Kleber Lúcio Gil e Carlos Berkenbrock (ambos de SC).

Com alerta ligado, Sport recebe o Grêmio na Ilha do Retiro

Sem Neto Baiano, Leonardo terá a missão de marcar os gols da equipe. Foto: Guga Matos/JC Imagem – Autor: Matheus Albino

Com apenas sete rodadas disputadas pode até parecer um pouco cedo para falar em rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série A. Porém, nunca é demais acender o sinal de alerta e trabalhar forte para se distanciar da zona indesejável o quanto antes. É por isso que o Sport já ligou o seu sinal de alerta e não quer mais perder pontos na competição até a parada para a Copa.

Principalmente depois da goleada sofrida para o Corinthians na última rodada. Com a derrota, já são dois jogos sem saber o que é vencer (perdeu para o Cruzeiro na rodada anterior). Para o próximo compromisso do Leão na elite nacional, nesta quarta-feira, às 19h30, contra o Grêmio, na Ilha do Retiro, o time terá uma boa oportunidade de quebrar o jejum de vitórias, como também de se distanciar da zona da degola.

Atualmente na 14 posição com sete pontos, dois a mais que o primeiro dentro da zona, o Botafogo, os rubro negros sabem da importância de vencer uma equipe favorita ao pelotão de cima da tabela para ganhar moral. “Claro que o alerta está ligado, até mesmo quando estamos em uma grande fase o alerta está ligado, para não deixar o time se acomodar. Temos que ter tranquilidade para voltar a vencer, e espero que possamos fazer um bom jogo diante do Grêmio”, disse o meia Ananias.

 Ananias está de volta ao time titular. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Ananias está de volta ao time titular. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Aliás, ele é uma das novidades na equipe do técnico Eduardo Baptista. O meia-atacante ganhou a vaga de Neto Baiano, expulso contra o Corinthians. Outra mudança forçada é a entrada de Ewerton Páscoa na defesa, no lugar de Durval, outro expulso contra o time paulista. A terceira mudança de Eduardo foi a volta do garoto Érico Junior aos 11 iniciais. Ele ficou com a vaga de Renan Oliveira que não vem rendendo o esperado.

E por falar no treinador, ele pregou muito respeito ao adversário que está na quarta colocação com 13 pontos. “É um time muito forte na marcação. Eles vão ter o Zé Roberto que é um volante que sabe sair para o jogo. O Alan Ruiz que é um bom jogador, o Rodriguinho que vive uma grande fase e o Dudu que é muito rápido e sabe conduzir bem a bola”, comentou.

Outro jogador importante do Tricolor é o atacante argentino Barcos, mas que não vive uma boa fase. No último jogo, contra o São Paulo, o Pirata perdeu boas chances no Morumbi e viu a sua equipe sair derrotada por 1×0, o que deixou os torcedores gremistas bastante irritados com o seu artilheiro. No entanto ele ainda preocupa o treinador rubro negro. “O Barcos é um artilheiro, não vive uma boa fase mas pode aparecer a qualquer momento”, afirmou.
O adversário

O Grêmio vem de derrota para o São Paulo no Morumbi. Apesar do revés, o Tricolor está no G-4 que garante vaga para a próxima edição da Libertadores. Para encarar o Leão, o técnico Enderson Moreira terá os desfalques de Ramiro, lesionado, e Riveros, suspenso pelo terceiro amarelo. Por isso ele resolveu escalar o experiente Zé Roberto na posição de volante.

Os gremistas também estão com o alerta ligados, mas não pela posição na tabela, e sim, pelos gols de cabeça que o time vem sofrendo nos últimos jogos. Foi por esse fator negativo que o comandante treinou bastante as jogadas de bola parada, afim de evitar novos gols em jogadas aéreas.

Ficha de jogo
Sport: Patric, Ferron, Ewerton Páscoa e Renê, Rodrigo Mancha, Rithelly, Augusto César e Érico Júnior; Ananias e Leonardo.Técnico: Eduardo Baptista.

Grêmio: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Bressan e Breno; Edinho, Zé Roberto, Alan Ruiz, Rodriguinho e Dudu; Barcos. Técnico: Enderson Moreira.

Campeonato Brasileiro Série A (8° rodada)
Local: Ilha do Retiro
Horário: 19h30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique – RJ
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Luiz Claudio Regazone (ambos RJ)