WTA de Florianópolis

Teliana vence WTA de Florianópolis e garante lugar no top 50 do ranking mundial

GAZETA PRESS

À Brasileira e Pernambucana  conquistou segundo título do ano e da carreira profissional

Teliana Pereira é campeã do WTA de Florianópolis. Neste sábado, a brasileira derrotou a alemã Annika Beck por 2 sets a 1, parciais, de 6/4, 4/6 e 6/1, em 2h36 de jogo. Foi o segundo título da tenista no ano, que já havia conquistado em Bogotá.

A conquista garante uma vaga para a brasileira entre as 50 melhores do mundo. Este será o terceiro melhor ranking de uma tenista brasileira na história. O título de Bogotá já havia a transformado na primeira brasileira a ganhar uma competição WTA em 27 anos.

Teliana havia sido derrotada por Beck, número 68 do mundo, na última partida entre as duas, quando a brasileira desistiu do duelo devido a uma lesão. Neste sábado, após os dois primeiros sets serem equilibrados, a atleta da casa atropelou no set decisivo.

“Foi uma semana incrível. Cheguei aqui sem saber se iria jogar porque meu joelho estava muito ruim e consegui essa vitória. Queria agradecer a todos por virem torcer. Sem isso, não seria possível. Me apoiaram desde o primeiro jogo, em que quase não ganhei. Hoje estava difícil de jogar, com muito vento, e estou muito gripada. Tive que lutar contra isso e o apoio fez que eu superasse tudo”, afirmou Teliana.

Gustavo Kuerten estava em Florianópolis assistindo ao confronto. Assim como em Roland Garros, quando ele viu Marcelo Melo ser campeão em duplas, o ex-número 1 do mundo foi ‘pé-quente’ para o país.

Foi a terceira edição do WTA de Florianópolis. Nos anos anteriores, a checa Klára Zakopalová e a romena Monica Niculescu subiram no lugar mais alto do pódio.