Uma vitória contra o Oeste faz o Leão começar a pensar no título da Série B

Apesar de o técnico Marcelo Martelotte garantir que não se preocupa com o G4 neste momento, é inegável que estar posicionado na zona de acesso à Série A traz confiança ao grupo do Sport. É um sinal claro e real de que o trabalho está dando certo. Tão importante quanto as três vitórias conquistadas desde o retorno da Série B foi ver que o time evoluiu. E se ainda não apresentou um futebol ideal, mostrou estar no caminho correto. A ponto de uma palavra voltar a ser citada na Ilha do Retiro: título.
A partida de hoje, contra o Oeste, às 21h, na Ilha do Retiro, será simbólica. Mais do que apenas um dos 38 degraus desta Série B. É a vitória da consolidação no G4 e um passo para a liderança, mesmo que ele possa não ser definitivo. Ainda. Com três pontos, o Leão dorme líder e aguarda o fim da rodada, amanhã, quando jogam Palmeiras e Chapecoense, equipes que estão logo à sua frente na classificação. Um pouco de “secação” e a noite pode se estender por mais alguns dias.
Martelotte, no entanto, não se deixa levar. Sempre mostrou ser um treinador pés no chão. Desde o início, emplacou que não se preocupa com G4. Com liderança, idem. Repete, como um mantra: “Eu já falei algumas vezes e vou repetir, não me preocupo com a colocação na classificação. O mais importante é a vitória, já que iremos ter confrontos diretos. Me preocupo sempre em conquistar os três pontos”, comentou o treinador.
A confiança, tão essencial no futebol, parece ter chegado no Sport para ficar. Sentimento que brota dos resultados em campo, da postura do treinador em dar continuidade à escalação e ao esquema da equipe e das atitudes fora das quatro linhas. Não é difícil identificar os traços de confiança no elenco. A ponto de o favoritismo diante do Oeste ser admitido. “Pelos números e pela classificação, o Sport é favorito. Mas, antes do jogo, favoritismo não vence. Estamos em um bom momento e vamos entrar bastante concentrados na partida”, afirmou o goleiro Magrão.

Adversário
Nem a vitória por 3 a 0, fora de casa, diante do Icasa, foi capaz de segurar o técnico Roberto Cavalo (ex-Náutico) no cargo. Alegando desgaste, ele e a diretoria acertaram a demissão após a partida. Durante os dez dias de intervalo entre o último jogo e o confronto de hoje, Edison Só assumiu. Com ele, chegaram alguns reforços: Élson, João Denoni e Emerson.
Saiba mais

O Sport tornou o lançamento do seu novo uniforme em uma homenagem ao escritor Ariano Suassuna. Hoje, às 18h30, serão divulgados os novos modelos de camisa do Leão para 2013, numa festa, na Ilha do Retiro. Ao todo, 500 ingressos foram colocados à disposição ao preço de R$ 200, com direito a uma nova camisa, festa open bar e ingresso para a área das cadeiras.

Ingressos:
Arquibancada – R$ 40,00     Arquibancada Itaú, meia entrada e sócio – R$ 20,00     Assento Especial (não sócio), cadeira sócio e da ampliação – R$ 50,00     Cadeira (não sócio) – R$ 70,00     Assento Especial (Sócio) – R$ 40,00     Arquibancada Lateral – R$15,00

Alexandre Barbosa – Diario de Pernambuco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.