Uruguai completo e Itália desfalcada brigam por 3º lugar na Copa das Confederações

O Uruguai escalará a força máxima contra uma Itália dizimada por lesões neste domingo em Salvador, na partida que decide o terceiro lugar da Copa das Confederações. Apesar do técnico da ‘Celeste’, Oscar Tabárez, não ter adiantado a equipe titular, praticamente todos os jogadores que perderam para o Brasil 2-1 na última quarta-feira devem entrar em campo na Arena Fonte Nova da capital baiana.
O Uruguai apostará mais uma vez no seu trio ofensivo, composto por Edinson Cavani, autor do gol contra o Brasil, Luis Suárez e o veterano Diego Forlán, que perdeu um pênalti contra os pentacampeões mundiais quando a partida ainda estava 0-0. “Sempre que vestimos a celeste entramos para vencer e para nós o terceiro lugar é muito importante”, disse Súarez.
O melhor resultado uruguaio numa Copa de Confederações foi em 1997, na Arábia Saudita, quando ficou com a quarta posição após perder para a República Tcheca na última partida. Suárez também lembrou que a Celeste perdeu por 3-2 para a Alemanha na decisão do terceiro lugar da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul.

O Uruguai, porém, sabe que não terá vida fácil já que a ‘Nazzionale’ “é uma das melhores equipes do mundo e mostrou isso quando quase derrotou a Espanha”, afirmou Suárez. A Itália fez grande partida nas semifinais da Copa das Confederações na última quinta-feira, quando conseguiu jogar de igual para igual com a poderosa Espanha, mas acabou perdendo nos pênaltis 7-6 após o empate de 0-0 no tempo regulamentar e prorrogação.
Porém, o duelo dramático contra os atuais campeões do mundo no estádio Castelão de Fortaleza fez vítimas no elenco do treinador Cesare Prandelli, que sofreu com a umidade e o calor da capital cearense. Prandelli, que já havia perdido o atacante estrela Mario Balotelli e o lateral Ignazio Abate por causa de lesões, também ficará sem sua maior referência em campo, o meia Andrea Pirlo, além do zagueiro Andrea Barzagli.
“Se fôssemos jogar a final da Copa do Mundo, faríamos de tudo para que pudessem jogar, mas neste momento preferimos não arriscar”, explicou o médico da Itália, Enrico Castellacci. O zagueiro Giorgio Chiellini e os volantes Daniele De Rossi e Claudio Marchisio sentiram dores após a partida contra a Espanha e também são dúvida para enfrentar o Uruguai.
As ausências de Barzagli e Chiellini e a presença do trio ofensivo celeste podem obrigar Prandelli a trocar a linha de três por uma de quatro na defesa, uma mudança ainda não confirmada pelo treinador. Uruguai-Espanha está marcado para às 13h00 locais, horário em que o calor de Salvador deverá incomodar muito os jogadores. O árbitro será o argelino Djamel Haimoudi.
Escalações prováveis:

Itália: Gianluigi Buffon – Davide Astoi, Leonardo Bonucci, Giorgio Chiellini – Christian Maggio, Riccardo Montolivo, Daniele De Rossi, Emanuele Giaccherini – Antonio Candreva, Alberto Aquilani – Alberto Gilardino. T: Cesare Prandelli.
Uruguai: Fernando Muslera – Maxi Pereira, Diego Lugano, Diego Godín, Martín Cáceres – Alvaro González o Diego Pérez, Egidio Arévalo Ríos, Cristian Rodríguez – Luis Suárez, Edinson Cavani e Diego Forlán. T: Oscar Tabárez.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.